O teste do ano para Sergio Pérez

Notícia interessante vinda da Ferrari: O novato – porém já conhecido por todos nós –  Sérgio Pérez, foi convidado pela Scuderia para um teste particular em Fioriano ou Mugello. Um dos primeiros passos importantes para Sergio que, já fazendo parte da FDA (Ferrari Driver Academy), pode garantir sua continuação como piloto clave nos planos da Ferrari. E o mais interessante: Jules Bianchi também participará.

Jules participa atualmente na GP2, é membro da FDA e já testou pela Ferrari nos testes para novatos no final de 2010 – Além de cumprir o rol de piloto de testes da equipe nesta temporada pela F1. Conquistou sua primeira vitória na temporada no último fim de semana, porém é apenas o sétimo na tabela geral.

Mas deverá ser Sergio quem terá certa vantagem no teste a ser realizado em setembro com o velho F60 de 2009, já que vem rodando com a Sauber este ano e conquistou o melhor resultado da sua carreira no domingo passado, um sétimo lugar.

A Ferrari, claro, tem seus interesses sobre o evento e Luca Baldiserri, diretor da FDA, explica:

Será um teste muito interessante, enfrentaremos a Jules Bianchi e a Serio Pérez. Creio que ambos estarão bastante motivados e para nós será a oportunidade perfeita para os avaliar.

Particularmente deposito muito mais esperança em Pérez do que em Bianchi (que ainda não mostrou nada de especial), e por isso será crucial para Sergio superá-lo neste teste. É um carro antigo, mas é um avanço entrar em contato com um Ferrari para Pérez e ir se assemelhando com a equipe.

Obviamente a mídia já o colocará no lugar de Massa, algo que não vai acontecer em 2012, mas o que interessa é vê-lo colocar o capacete e acelerar para mostrar que merece um carro melhor que o da Sauber, assim como Kobayashi.


		

15 pensamentos sobre “O teste do ano para Sergio Pérez

  1. Pérez tendo 2011 e 2012 de quilometragem, fica muito próximo de um acerto com a Ferrari. Claro que se manter o mesmo nível de competitividade.

  2. Acho que é o início do fim para o Massa…

    Se eu fosse Alonso começaria a me preocupar, ele tem o Santander na retaguarda, porém, o Mexicano tem Carlos Slim, e, perto dele, o presidente do Santander é um mendigo.

    Perez é extremamente rápido, só falta experiência.

  3. Coitado do Massa! Após a saída do Michael, tinha tudo pra comandar a equipe, mas se rendeu aos companheiros. Vai sair com uma mão na frente e a outra atrás.

    Quanto a eventual contratação, seria uma boa pra Ferrari. Alonso é agressivo, Pérez, não. Isso forma uma boa dupla.

    Mas no dia em que o Alonso precisar se preocupar com o Mexicano, acordo do sono. Não é dinheiro que acelera o carro.

    • “Não é dinheiro que acelera o carro.”

      Até concordaria com você se não estivéssemos falando da F1 atual.

      Hoje em dia a grana acelera o carro e faz toda a diferença na politicagem interna das equipes (especialidade de Alonso).

      Perez tem potencial e quem sabe poderá chegar no nível de Alonso em alguns anos, tendo a grana por trás tudo ficaria mais fácil.

      Mas você tem razão, por enquanto, não há motivos concretos para preocupação.

      • O que é “acelerar o carro” pra você?
        Eu estou dizendo no sentido de mostrar talento dentro das pistas, e nesse caso, nem todo o dinheiro do mundo é capaz de conseguir.

        “tendo a grana por trás tudo ficaria mais fácil.”

        Aqui, sim, concordo com você. O dinheiro pode, realmente, ajudar (se o piloto tiver talento) a trilhar um caminho vencedor.

        Att.

    • “Com uma mão na frente e a outra atrás”, não. lá ele deve ter ganhado dinheiro pra três gerações da família dele.

      • MCD

        Por que sempre têm que falar de R$? Será que não percebem que não é essa a questão?

        O Massa sairá sem nada, no sentido de título. O cara teve teve a chance de comandar a equipe, mas não conseguiu se firmar como número um.

      • Rafael,
        Acredito que nós dois estamos certos na análise da frase.
        E pela questão de título não podemos negar que ele chegou muito perto.

      • Nem é tanto o título, sabe… Pois isso depende do carro ser bom/ruim.

        O pior foi ver o Kimi ser campeão em seu 1º ano e Alonso perder por pouco em seu 1º ano também. Já o Massa, que já está por lá há seis anos, só foi forte o bastante em 2008, perdendo o restante para seus companheiros (Kimi e Alonso).

        Se fosse eu, iria sair da Ferrari com sentimento de derrota. Só o R$ pra dar uma alegria.

  4. Acho que ainda é muito cedo para fazer pré-julgamentos. Sérgio é talentoso, sem dúvida alguma. Mas vamos esperar para ver o que o tempo dirá.
    Bjs,
    Ester

  5. Isso é apenas um teste de um piloto que faz parte do programa da equipe, é o que eles tem , apenas um cronograma nada mais,e não vejo o Massa querendo ficar na ferrari, ,ais não entendo certas coisas, O Alonso anda bem porque é rapido uo porque tem patrocínio forte ? O Massa está na Ferrari porque tem potencial ou porque também leva dinheiro ? e não podemos esquecer que o empresario do Massa é o Todinho.

  6. Hipoteticamente falando, gostaria que o Alonso tivesse como companheiro de equipe Michael Schumacher ou Nelson Piquet. Com relação ao Perez, deve conseguir uma boquinha na Ferrari qdo se livrarem do Massa, mas o mexicano ainda tem muito a provar na F-1.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s