Sobre GP do Bahrein e calendário de 2012

Bahrein finalmente foi confirmado e fará parte do atual calendário

A FIA acabou com o mistério – que já estava durando três meses – e finalmente confirmou a presença da corrida disputada em Shakir para o dia 30 de outubro, substituindo justamente o GP da Índia, que terá mais de um mês para se aprontar, já que será realizado na distante data de 11 de dezembro (a qual muitos eram contra), deixando o Brasil no meio e fechando a temporada.

Também foram confirmada algumas mudanças técnicas (para 2012), mas que ainda passarão pela aprovação das equipes no dia 30, quando falaremos mais ampliamente do assunto. No momento, é interessante focar no calendário do ano que vem:

  1. 11 de março – Bahrein (Shakir)
  2. 18 de março – Austrália (Albert Park)
  3. 1º de abril – Malásia (Sepang)
  4. 08 de abril – China (Shanghai)
  5. 22 de abril – Coréia do Sul (Yeongnam)
  6. 06 de maio – Turquia (Istambul)*
  7. 20 de maio – Espanha (Barcelona)
  8. 27 de maio – Mônaco (Monte Carlo)
  9. 10 de junho – Canadá (Montreal)
  10. 17 de junho – Estados Unidos (Austin)
  11. 1º de julho – Europa (Valência)
  12. 15 de julho – Grã-Bretanha (Silverstone)
  13. 29 de julho – Alemanha (Hockenheim)
  14. 05 de agosto – Hungria (Hungaroring)
  15. 02 de setembro – Bélgica (Spa-Francochamps)
  16. 09 de setembro – Itália (Monza)
  17. 30 de setembro – Cingapura (Marina Bay)
  18. 14 de outubro – Japão (Suzuka)
  19. 28 de outubro – Índia (Nova Delhi)
  20. 11 de novembro – Abu Dhabi (Yas Marina)
  21. 25 de novembro – Brasil (Interlagos)

As principais novidades ficam por conta da adição de mais uma corrida (passando para um lotado calendário de 21 provas), o GP dos Estados Unidos a ser realizado em Austin no dia 17 de junho, logo depois da F1 sair do país vizinho, Canadá.

O GP da Coréia se move para a primeira fase do campeonato (atualmente é a etapa número 16), e é colocada após China, no dia 22 de abril. Ao contrário deste ano, a temporada começa um pouco antes e termina mais cedo, na última semana de novembro, em Interlagos.

Acredito que o fato de o GP do Bahrein ser realizado já podia ser esperado. Com o país entrando em um período mais calmo e provavelmente voltando ao normal até o final de outubro, o negócio tem que ser garantido.É importante destacar que a corrida em si oferece um impulso significativo para a economia. O GP atrai 100 mil visitantes, 3 mil postos de trabalho e gera algo próximos aos 500 milhões de dólares em benefícios.

A data colocada é cômoda, apesar de jogar o GP da Índia para o longínquo dia 11 de Dezembro, o que seguramente não agradou a todos no paddock. Um término bastante tardio, tendo em conta que após este final ainda estão os treinos pós-temporada de novatos também. Serão dias agitados.

A sessão de comentários está aberta para os assuntos que devem ser uma boa base para começar a discutir sobre a próxima temporada. O fato do GP da Turquia ainda não estar confirmado, abre uma chance de que ele realmente possa não ser realizado?

12 pensamentos sobre “Sobre GP do Bahrein e calendário de 2012

  1. Isso é muito importante para a economia, e disputa da F1.
    Pela economia pois trás muito dinheiro por trás. E esportivamente pois com uma temporada equilibrada como está, uma prova a mais só tende a ajudar, mesmo que com um traçado daqueles.

    • Acho que também será interessante pela época do ano (além do clima), já por ser naquela altura, deverá reunir muito mais apreensão do que abrindo a temporada. Acredito que seja uma boa prova.

  2. Grandes Premios das madrugadas? Confesso, que não me agradam, virar a noite, assitindo treinos e corrida, no atual estagio da FI, não é nada interessante, já que não temos pilotos brasileiros, estimulando nossa adrelina e nos deixando mais acordados. Nos bons tempos, quando tinhamos pilotos disputando campeonatos, não era tão dificil programar-se para manter os olhos e a atenção bem despertos.

    • Newton, tenho uma visão um pouco diferente da sua neste aspecto.
      Lógico que ter um brasileiro disputando vitórias e títulos é bom demais!
      Mas o que estimula minha adrenalina e me deixa acordado é a Formula 1 em si, isso para mim já é o suficiente.

      • Vito, eu sou fã de FI, mas vinha mal acostumado, afinal, assisti o Emerson, em seguida veio o Piquet e logo depois o Ayrton. O Brasil, passa por uma fase de entressafra, que vem desde 1994. Algumas alegrias com o Rubens, algumas tambem com o Massa, mas nada, que preenchesse o vazio, que os nossos grandes idolos deixaram. Eu sinto falta, torcer para pilotos estrangeiros, é mais ou menos como torcer para outro time, que não o da gente. Torcemos, mas, não é a mesma coisa, parece, que falta alguma coisa, principalmente durante as madrugadas, quando a atenção disputa com o sono a nossa vontade, esse vazio fica ainda maior. Torço muito, para que no futuro, surja alguma grande revelação, mas, com a infraestrutura montada no Brasil de hoje, acho dificil, surgirem novos Emersons, Piquet ou Sennas. Enfim, a esperança nunca descansa, quem sabe……..??????

      • É! Formula 1 é uma coisa de paixão mesmo, né? Mesmo sabendo que os brasucas não tem chances, eu continuo assistindo aos treinos e provas na madrugada…rs

  3. Quanto mais corrida melhor, nos anos 50 tinha temporada com apenas 5,6 provas. Fangio vencia 2, 3 primeiras…adeus temporada!

    Briga boa de Vettel e Hamilton nas estatísticas(77 corridas de Lewis conta 68 do Vettel), coloquei também: Alonso, Schumacher, Piquet, Prost e Senna, para fazer uma comparação. Interessante, com 77 corridas Prost e Senna ainda não tinham título, mas estavam bem próximos, Piquet e Alonso também já eram quase Bi em 83/06! Lembrando que nessa época(77 GPs) ninguém era “gênio”! Piquet, Prost e Senna tinham o mesmo destaque de grandes pilotos como é hoje com Vettel, Hamilton e Alonso. O “endeusamento galvaniano” veio depois no final de carreira, mas Alonso, Hamilton e Vettel também podem fazer bonito, eles tem muita coisa a mostrar. Não vai ser um narrador medíocre que vai minimizar os feitos dessa garotada, pelo menos lá fora não, em compensação aqui no Brasil, dá atenção quem quer…

    Sebastian Vettel:

    GPs 68
    Títulos 1
    Vitórias 15
    Poles 20
    Pódios 25
    Volta + Rápidas 6

    Lewis Hamilton:

    GPs 77
    Títulos 1
    Vitórias 15
    Poles 18
    Pódios 39
    Volta + Rápidas 9

    Michael Schumacher:

    GPs 77
    Títulos 2
    Vitórias 20
    Poles 12
    Pódios 42
    Volta + Rápidas 24

    Fernando Alonso:

    GPs 77
    Títulos 1
    Vitórias 12
    Poles 12
    Pódios 30
    Volta + Rápidas 6

    Nelson Piquet:

    GPs 77
    Títulos 1
    Vitórias 9
    Poles 8
    Pódios 21
    Volta + Rápidas 8

    Alain Prost:

    GPs 77
    Títulos 0
    Vitórias 17
    Poles 13
    Pódios 27
    Volta + Rápidas 12

    Airton Senna:

    GPs 77
    Títulos 0
    Vitórias 13
    Poles 27
    Pódios 34
    Volta + Rápidas 9

  4. Bahrein não podia ficar de fora. Gosto muito dessa corrida.

    E defino o calendário de 2012 assim: Estressante para as equipes e emocionante para os fãs.
    Quanto mais GPs, melhor!

    Abs.

  5. Também acho que o calendário ficou bom, principalmente sabendo que o Brasil fecha a temporada. Se Vettel não tiver ganho o campeonato até lá, melhor ainda…rsrs…Aquela reta dos boxes com a asa aberta, vai ter ultrapassagens muito loucas. Será que na oposta vão libear a asa também?

  6. Para mim é uma grande vergonha a disputa de um GP onde os Ditadores de Plantão (Monarquia Sunita) assassinam os próprios cidadãos apenas por protestarem por melhores condições de vida e contra os privilégios da minoria.

    Além disso, agressões covardes, já que perpetradas com a ajuda de invasores (soldados da Arábia Saudita), com a única intenção de massacrar e amordaçar os xiitas, que são a maioria absoluta no Bahrein.

    Gostaria muito que algo desse bastante errado durante o fim de semana do GP, algo que impedisse a realização da prova e mostrasse ao mundo que naquele lugar estão acontecendo assassinatos de inocentes e não existem motivos para um “circo” se estabelecer.

    Bernie é um inescruploso que só pensa no próprio bolso, mas os fãs da F1 não podem apoiar um GP em um local onde o poder estabelecido mata seus habitantes pela simples expressão de seus pensamentos.

    Segue link com vídeo (imagens fortes) contendo imagens do assassinato a sangue frio de vários manifestantes: http://www.youtube.com/watch?v=fwnUQcKXmMM&skipcontrinter=1

  7. É triste, sim, mas… Welcome! Esse é o mundo dos negócios.

    No Brasil*, por exemplo, tivemos GP em plena Ditadura Militar, torturas e mortes covardes acontecendo e a F1** lucrando.

    * Aconteceu em outros.
    ** Teve até Copa Do Mundo aqui.

    Infelizmente, fatos como esses sempre irão acontecer, mas a F1 tem que passar por cima, ela é um esporte como qualquer outro. O que o Governo faz, não pode interferir em sua vida, pois senão, fica uma coisa muito dependente da ditadura local… …Tipo > Teremos F1?! Depende, se na hora o governo for santo, sim.

    Mas respeito os de opinião contra. Altruísmo tem que ser visto com bons olhos. Parabéns ao Cassius!

  8. Acabei de ler no Tazio:

    Jean Todt, presidente da FIA, afirmou que a temporada 2012 não terá 21 corridas como foi divulgado na semana passada.
    O francês esteve na Espanha para a realização do Conselho Mundial do Esporte a Motor, que aconteceu em Barcelona, e explicou que apesar do calendário ter sido anunciado com 21 datas, não significa que todas serão utilizadas.
    Questionado pelo diário catalão “Sport”, ele foi enfático sobre sua posição com relação ao número de provas do campeonato. “Absolutamente não. São 21 datas, mas o campeonato terá 20 GPs. Não se sabe qual [GP] sairá, mas o Mundial terá 20 corridas”, disse o dirigente.

    Nessas horas, sou obrigado a utilizar as palavras sábias do filósofo contemporâneo Didi Mocó:
    “Cuma?!”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s