Lewis pede desculpas…

Como já vimos no domingo passado após a corrida, Hamilton deu uma polêmica entrevista onde chamou os comissários de piada, Massa e Maldonado de burros e ignorantes e que isso ocorreu porque ele é negro. Obviamente, qualquer piloto pode estar de cabeça quente após uma corrida infortunada, mas o importante é que Lewis se desculpou com todos pelo seu Twitter, ontem a noite:

Hey pessoal. Queria me desculpar pelas atuações de este último fim de semana e também pelos comentários depois da corrida. Nunca foi minha intenção ofender.

Gostaria também de agradecer a todos os que estiveram aí, por suas mensagens positivas e também as negativas. Respeito ambas.

A Massa e Maldonado, com o maior respeito quero desculpar-me se lhes ofendi. Ambos são fantásticos pilotos dos que eu tenho muito boa opinião.

Para os fãs que perdi e os que ganhei, quero apenas desejar amor e felicidade. Que Deus os abençoe. Ânimo. Montreal é o próximo.  -Lewis.

Seja uma desculpa pressionada pela McLaren ou realmente sincera, o importante é que pelo menos alguns panos frios foram colocados na situação. Apenas brigas de bastidores, mas que no fundo deixam aquele gosto amargo pelo dito e feito.

48 pensamentos sobre “Lewis pede desculpas…

  1. Tem que perguntar para o PRESIDENTE, se desculpa pelo Twitter vale!

    Schumacher fez isso e o PRESIDENTE não aceitou(risos), depois em outro fato, Schummy foi pedir desculpas ao vivo(só rindo) na frente das câmeras, aí o PRESIDENTE quase “desabou” em lágrimas…

    O Rubinho fala que não gosta do Schumacher, MAS GOSTA!!!!

    Ele só não admite, porque tem medo do Galvão…rs

    Quanto ao que Lewis disse , sem dramas…

    O Senna agrediu fisicamente um monte de gente na formula 1 e nunca se desculpava, também não era punido, muito menos criticado na mídia. Então Hamilton pelo Twitter esta de bom tamanho.

  2. Verdade dói, mas nunca se apaga pacheco Newton, falam muito dos outros pilotos, mas o Senna tinha uma lista bem suja, dentro e principalmente fora das pistas.

    Bom, o mundo estava sempre errado e o Senna sempre o certo, deve ser isso…

  3. Senna era outro que se achava melhor que todos, acima do bem e do mal, tinha suas vigarices no circo da F1. Mas já ta morto então nem importa mais….

  4. Algumas pessoas nao sabem nem o que falar, e perdem uma boa oportunidade de ficar quietos ,chamar o melhor piloto de todos os tempos de vigarista, um dos caras que mais brigou pela segurança dos pilotos na f1 , uma das carreiras mais bem sucedidas no esporte mundial, que tinha como o seu maior orgulho a sua nacionalidade brasileira , Ayrton Senna era garantia de espetaculo, e depois dele o Dumingo nunca mais foi o mesmo .

    Engraçado. N. Piquet , ninguem lembra nem para critica-lo sera por que ?
    me desculpem voces , respeito suas opinioes , mas francamente Senna nao tem comparaçao , foi o piloto mais completo da historia da f1, so isso.
    E realmente ele agredio outros pilotos , mais foi capaz de sair do carro e colocar a propia vida em risco para socorrer um um piloto apos um acidente , isso com a pista cheia de fumaça, sera que algum desses ai faria isso^?

    • Willian Ferreira,

      Sair do carro não apaga as vigarices.

      E se um piloto fizer isso hoje, pode ter certeza, irão criticá-lo, pois esse ato é irresponsável, pode causar outra tragédia.

      Para os acidentes, temos as ambulâncias nos GPs, justamente para a proteção dos pilotos. Se alguém sai pra tentar ajudar, por mais que seja um ato honroso, está errado, pois pode agravar a situação.

      É igual em um acidente de automóvel/motocicleta… NÃO devemos mexer no acidentado, pois podemos causar mais danos. Sabia disso?

      Abs.

    • Também sou um admirador e fã do Senna, mas essa mania de Endeusar e achar que ele era perfeito e que não merece críticas, as vezes me incomoda. Ele era sim um bom marketeiro, escondia a parte ruim e só mostrava a parte boa.
      Sim, foi o melhor piloto que eu vi em toda minha vida.
      Não, não era santo coisa nenhuma.

  5. Pois é, mas por estar morto não minimiza o ocorrido, tudo faz parte da vida do piloto! Não era só o Senna que “aprontava”, Patrese no vídeo abaixo, foi só mais um, a arrogância também era na cara dura, dentro e fora da pista. Galvão desceu a lenha em certo piloto no pódio no GP da Espanha, só porque o mesmo não tirou uma foto com um fãn.

    “Muito FEIO o que ele fez” disse o sábio narrador…

    Bom, deve ter esquecido do que ocorreu no GP Brasil 1990:

    Ayrton Senna era o favorito sem rival daquele 19º GP do Brasil, mas se recusou a inaugurar uma placa(que ele pensava ser em sua homenagem),antes da corrida.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Grande_Pr%C3%AAmio_do_Brasil_de_1990_(F%C3%B3rmula_1)

    O Senna era bem “conveniente”, se fosse pra fazer homenagem pra ele, ele ia, se fosse pra fazer entrevista na Globo, ele também ia…

    Patrese deve ter sido atrapalhado, mas precisava fazer isso? Pelo jeito, nem punido foi…acontecia muita coisa na pista nessa época, e ninguém era punido, fico imaginado o que o Galvão falaria se Alonso fizesse o mesmo.

    Fórmula 1 1988 – GP da Espanha

    • Exato, Mac.

      A F1 de hoje, o piloto mal pode respirar, que já é punido.

      Outra coisa… Senna e Prost foram campeões ‘jogando o carro’, e o Galvão ficou falando do Alonso: “Se ele ganhar o título, não será honroso.” (Tudo por causa do GP Alemanha 2010)

      Do Senna e Prost foram. Do Alonso não seria?! Ora essa!

      Abs.

  6. Vou repetir o que eu disse “!respeito a opiniao de todos” , nao vou prolongar essa converssa , por que nao faz sentido,todos nos temos defeitos , e a verdade é que nenhum erro de piloto hoje pode ser julgado por erros do passado , ate por que os dirigentes eram outros e as preferencias tambem, antipatias à parte, nem Deus agradou todo mundo, quanto mais um simples mortal, por isso eu digo que gosto muito do esporte f1 , mais para mim a vida particular e os problemas de cada piloto pouco me inporta, quanto as atitudes dentro da pista com certeza deve ser punido quem merecer, nao importa quem seja, e esse brasileiro , o qual voces insistem em desenterrar à fovor da defesa de um piloto que nada tem à ver com Historia é meio chato.

    E mais , reclamam tanto do Galvao , é muito simples, apertem a tecla “” mudo “” e pronto , narrador nao interfere em nada no esporte, cada um tira suas proprias conclusoes, precisamos separar as coisas e nao misturar alhos com bugalhos. o assunto aqui é a desculpa de Hamilton e , quem tem que desculpar sao os mais prejudicados, se isso ocorrer , papo encerrado.
    Tudo na vida é passageiro, e devemos respeito aos mortos , entao lembranças boas ficam de exemplo e as ruins devemos deixar de lado , por que nao acrecenta nada à
    ninguem ,

    • Willian Ferreira,

      Conversar com respeito não há mal algum, mas se não quiser prolongar a conversa, tudo bem.

      OBS: Citar o passado não é defender.

      Abs.

  7. Rafael 2011,

    Realmente na devemos mexer em acidentados ,mais isso nao é regra , em acidente de carros principalmente o risco de incendio é eminente, quantos e quantos sao salvos por serem retirados dos carros que logo depois pegam fogo, analizando friamente é muito facio , mais pessa a Deus pra voce nunca se ver numa situaçao dessas , as vezes voce nao tem muito tempo. na minha cidade por exemplo nao temos o SAMUR, ainda vai ser implantado nos prossimos meses.
    So uma pergunta ;
    Desde quando voce aconpanha a f1 , eu digo desde que ano ?

    • Vários pilotos morreram queimados ou intoxicados/sufocados por inalar fumaça de um incêndio. Em caso de incêndio, a prioridade é tirar a pessoa do contato com o elemento que põe a vida em risco.
      Fui brigadista de incêndio e, em nosso treinamento, a primeira lição é decidir com base em prioridades:
      1-Vida;
      2-Integridade Física;
      3-Patrimônio.

      Aplicar o procedimento de recuperação das funções cardio-respiratórias em um acidentado pode comprometer a integridade da coluna vertebral.
      Mas em caso de parada cardio-respiratória, não aplicar o procedimento é que é fatal.
      Em caso de incêndio, a primeira prioridade é tirar a pessoa do calor/fumaça. A segunda é garantir a integridade física (principalmente da coluna cervical) durante o processo. Saindo da área de risco, a prioridade é garantir a atividade cardio-respiratória.

      Antigamente, salvo raríssimas exceções, as equipes e os equipamentos disponíveis nos autódromos não possibilitariam o resgate seguro (com preservação da integridade) em menos de 10 minutos.

      Até a equipe de resgate ficar ciente do acidente (local, envolvidos, gravidade aparente) ia praticamente um minuto. Dependendo dos recursos disponiveis, poderiam levar até cinco minutos, só pra chegar no local. Mais 30 segundos para, por exemplo, começar a combater um incêndio (às vezes, para descobrir que não trouxe extintores em quantidade ou tipo adequado). As travas dos cintos costumavam emperrar. A deformação do carro ou a posição dele poderiam dificultar o acesso ao tronco do piloto.

      Depois dêem uma olhada no acidente do Niki Lauda, e vê quem salvou a vida dele, e como.

      • Juliano,

        “Jovem morre ao tentar salvar vizinhas de incêndio em Gravataí”

        Pode dar certo, como também pode dar errado.

        Lauda foi salvo, mas como dizia um instrutor: “Arriscar é na loteria”.

        Abs.

    • Willian Ferreira,

      Olha, podem defender a atitude do Senna, mas ela não deixa de ser irresponsável, apesar de ser honrosa, humanitária e etc. Poderíamos ter visto uma situação mais pavorosa. Mesma coisa com Nikki.

      Acompanho desde o ano em que ele, Ayrton, morreu. (Mas já assistia pequenas partes antes disso). 1993 foi o ano em que comecei a acompanhar realmente.

      Abs.

    • Se é para questionar eu vou mais longe… Que ser humano foi ou é santo? (Exceto os exemplos canônicos) Ou atire a primeira pedra quem nunca pecou?

      Hehehehe

  8. Vocês viram só, o que uma frase pode fazer? Eu ganhei mais um apelido pejorativo”pacheco”. Já pensaram, se eu tivesse escrito mais de uma linha, talvez fosse obrigado agora, a engolir apelidos menos educados.

  9. Ele estava de cabeça quente e acabou dizendo bobagem, mas já pediu desculpas. Para o Galvão e muitos, o Hamilton é desleal. Grandes nomes do passado da F-1 aprontaram, e muito. Até agressão teve. Não se pode fazer mais nada hoje em dia que já é desleal. Aposto que o Bobão Bueno vai dizer um monte do Hamilton no GP do Canadá.

    Até o Luciano Burti está dizendo bobagem. Eles não dizem nada sobre o Rubinho estar tomando tempo do estreante. Eles não dizem nada do Massa estar mais lento que uma tartaruga. Aquela equipe é muito parcial.

  10. A única coisa que está realmente pegando é que eu estou duvidando que este pedido de desculpas seja sincero.

    Acho que só poderemos saber analisando o comportamento de Hamilton a partir do GP de Montreal.

    Agora, pelo menos o pedido de desculpas teve uma função interessante: demonstrar para os ardorosos defensores de Lewis Hamilton, que até ele reconheceu as babaquices feitas no GP de Mônaco, ou seja, quem defendeu as atitudes de Lewis errou feio.

    Quanto ao Senna, a coisa é muito simples: Senna foi um dos melhores pilotos da história da F1, mas, era tão competitivo que, às vezes, passava por cima dos adversários sem dó ou qualquer escrúpulo.

    Em síntese, dentro das pistas, estava muito longe de ser um exemplo de esportista, mas, nada muito diferente de outros campeões como Schumacher, Prost e Alonso.

    Fora das pistas acho que não cabe a nós julgar o caráter de Senna, isso está reservado a seus familiares e amigos, aqueles que realmente conheceram e conviveram com o piloto.

    Quanto à pergunta se existiu algum campeão de F1 bonzinho: Sim, existiu, e o nome dele é Mika Hakkinen. Outro que nunca reclamou de ninguém ou se meteu em confusão dentro das pistas é o Kimi. Talvez seja uma característica dos finlandeses.

    • “Quanto à pergunta se existiu algum campeão de F1 bonzinho: Sim, existiu, e o nome dele é Mika Hakkinen. ”

      E um herói também… Do coma em 1995 para campeão em 1998 em cima de Schumacher, belos tempos…

      • Rafael, acho que você não lembra do contexto de 1998. Isso foi um acordo de cavalheiros. A McLaren estava há anos fora da briga por títulos e havia uma grande expectativa sobre a nova criação de Adrian Newey.

        Antes da prova, Coulthard e Hakkinen combinaram que quem estivesse atrás do líder, comboiaria até o final da corrida. O importante era completar a primeira prova – os carros ainda quebravam naquela época – de preferência com uma dobradinha, para estrear com o pé direito.

        Pois bem, Hakkinen liderava, com Coulthard logo atrás, e assim ia até que o finlandês entra erroneamente no pit, por um problema de comunicação no rádio. Num ato de cavalheirismo inimaginável nos tempos atuais, David Coulthard cedeu a posição, honrando seu compromisso. O que talvez o escocês não esperasse é que o companheiro se empolgaria tanto com aquela vitória e o ofuscasse completamente…

      • Vitor Viegas,

        Sei sim do tal acordo, mas duvido que seria respeitado, caso o erro fosse de Coulthard. Iriam dizer que o erro do Inglês o cancelou. (Creio ter existido uma conversa favorável com o Finlandês. Tipo Alonso x Piquet, onde o Espanhol “não sabia de nada”.)
        A F1 não é santa. Os bastidores são sombrios.

        Abs.

        OBS: Também acho que ninguém é santo, por isso acho que esse negócio de ficar crucificando (ao extremo) um piloto é errado. É tipo > O que os olhos não vêem o coração não sente.

  11. Formula 1 não é verde – amarela Newton, Galvão faz de tudo para passar essa falsa imagem, que os brasileiros são os eternos injustiçados, 99% da (tonta) polpulação pensa assim. Nosso povo sempre foi manipulado por determinada esmissora tv, um fala no microfone e milhões aceitam. Senna foi um grande piloto, mas querem transformar ele em uma espécie de DEUS da perfeição, e pior, o povo aceita…

    Que porcaria de nação vamos ser se pensarmos assim? Atualmente, se os caras(lá fora) fazem melhor, temos que trabalhar para tentar fazer frente a eles, no caso da Formula 1, o que estamos fazendo para formar um grande piloto?

    Absolutamente, nada…

    Em termos de história, no Brasil, ninguém vai bater Fittipaldi, o que ele fez na F1 e Indy não tem comparação, ele fez a história, os outros só números…

    Prost, Mansell, Schumacher, sempre foram SATANIZADOS, os brasileiros sempre as vítimas, agora, Alonso é a bola da vez, ridículo! Vettel é mais um que vai ter seus feitos minimizados, quando for tricampeão, vai começar a palhaçada: “Ele é melhor que o Schumacher, mas não é melhor que o Senna”

    Adianta ficar minimizando os feitos de pilotos como Schumacher, Alonso, Hamilton e Vettel? Qualquer besteira o Galvão pega no pé dos caras…

    Um dia essa história de melhor de todos os tempos vai acabar para Senna ou Schumacher! Sempre vai aparece outro melhor, sempre foi assim no esporte, isso é questão de tempo.

    Schumacher e Senna não venceram pilotos como Nuvolari, Fangio, Clark, Stewart..como podem ser os melhores de todos os tempos?

    O que existe é um ranking oficial pela FIA, que sempre foi respeitado, Fangio estava no topo, se hoje esta Schumacher, paciência!

    Agora inventaram que o melhor de todos é eleito por votação! Isso nunca existiu em outras épocas, essa história é invenção dos ingleses para “cutucar” os alemães, jamais vão admitir um piloto alemão no topo…

    Uma grande bobagem, se pergutarem a J.Brabham, Stewart, Prost, Piquet se eles se incomocam em não ser o melhor de todos os tempos, a resposta vai ser um belo de um NÃO. Brabham por exemplo pode esculachar todos, pois nunca dependeu de um Chapman da vida, ele mesmo construíu seu carro e foi campeão, Schumacher e Senna não fizeram isso.

    Quero ver o que vão falar de Vettel daqui 10 anos, que ele pegou só pilotos fraco?

    A mídia inglesa é muito forte, se Lewis atingir números extraordinários, eles vão fazer de tudo para colocar ele na frente de Schumacher e de Senna.

    Poucos sabem, mas a rivalidade entre ingleses e alemães no automobilismo é semelhante como Brasil e Argentina no Futebol.

    Lembre-se que Alemanha e Inglaterra foram rivais de guerra, hoje estão em paz, mas a rivalidade é ferrenha em tudo…

    • Perfeito… Sem mais.

      E Vettel, como eu disse, fez valer seu status de campeão em Mônaco. Não tenho dúvidas que este está sendo o seu melhor ano, sem erros, e essa de adversários fáceis, nem pensar. Tá certo que todos os outros (exceto Webber) tem carros inferiores, mas um dia Vettel também, esteve de Toro Rosso…

    • Mac, você jamais me viu dizer aqui, que Senna foi o melhor de todos os tempos, afinal, as condições, carros, pista, motor, engenharia, muda todos os dias, o que sempre colocara questões, que não podem ser respondidas. Sera, que Fangio, correndo com os carros atuais, ganharia alguma coisa, o Schumacher, não ganha. Então, fica dificil avaliar o melhor em qualquer esporte, pois até a preparação de um atleta de hoje é muito diferente, de alguns anos atras. Sempre disse, aqui, que o Alonso é um otimo piloto, só, que não é de agora, que não gosto dele e ponto. O Hamilton, idem, já o Vettel, tem minha simpatia, acho, que por ser menos babaca, que os outros dois. Mas isso não quer dizer, que os acho melhores, que o Senna ou piores, para mim, o Senna foi grande, fez tudo que um piloto de FI tem de fazer para vencer e venceu, que se dane quem não goste dele, assim como eu não gosto de Alonso e Hamilton. Não vou impor minha antipatia a ninguém, só não vou cobrir os dois de louros, quanto ao Vettel, admiro sem arroubos, enquanto torço para que Massa e Rubinho, achem seus caminhos. Afinal, como brasileiro, seria muito estranho torcer apenas por um estrangeiro, e voltar as costas para os brasileiros. Se não temos melhores pilotos, não vai ser apedrejando os que temos, que iremos criar melhores pilotos, vamos levando com o que temos, sem grande euforia, e torcendo para que o futuro nos reserve algo melhor.

  12. O mais justo seria os melhores em cada época(ou década). Antes da Formula 1(década de 20/30/40) existiram pilotos espetaculares que pouco são lembrados. Os caras corriam com carros de 1 tonelada com pneus estreitos em curvas parabólicas feita de….madeira. Quer coisa mais desafiadora que isso? Morreu piloto pra caramba nessa época…

    • Vai explicar isto para alguns fanáticos… acaba que a paixão obscurece a lógica e o bom senso.

      Senna, por exemplo, pegou uma F1 muito mais desequilibrada do que Piquet e Lauda (no ano em questão a McLaren ganhou 15 de 16 corridas). Fangio uma muito mais mortal que os três. São critérios e critérios, sendo impossível definir o “melhor de todos os tempos”.

      Hoje defendo Vettel como o melhor da atualidade e levo pancada de todos os lados.

      Os números me dão razão, mas, alguns fãs de outros pilotos querem desmerecer os feitos de Vettel com o surrado argumento do melhor carro.

      Ora, sem o melhor carro, nenhum dos mágicos pilotos citados seria nada.

      Aliás, se for por este critério, qual é a responsabilidade do piloto na criação e desenvolvimento do carro? Se for grande, diria que Vettel é o melhor do mesmo jeito, pois Alonso e Hamilton, muito mais experientes, não conseguiram liderar suas equipes para a produção de um projeto vencedor.

      • É Cassius, confesso que sou um dos que vai contra o seu argumento que Vettel é o melhor da atualidade (nos números ele realmente é). Obviamente, e o carro? Acho que se fôssemos dizer quanto o piloto contribui para ele ser competitivo, nem valeria a pena… Temos como saber isso? Só quando ele for para a pista e apontar algum erro, dependendo do gosto e estilo do piloto, a equipe dá um jeito para os dois lados.

        Mesmo assim não vou mudar ainda, apesar de poder ser tedioso, que Vettel é o melhor pelo carro que possui. Não se trata de tirar os méritos, o cara é espetacular, mas tanto eu quanto você, podemos apontar no mínimo Hamilton e Alonso como potenciais melhores se tivessem o RB7.

        Tudo bem, Schumacher já teve sua super-máquina, Alonso também, até Button, mas por exemplo Jenson não foi tido como o melhor de 2009. E quem foi? Vettel.

        O ponto é esse, conseguir colocar algum perigo com carros inferiores. Tá certo que o RB6 cresceu de rendimento, mas Seb estava muito bem. E Alonso, em 2010, colocou todos no saco ao chegar em Abu Dhabi com um carro inferior. Vettel poderia ter tirado mais pontos na Hungria e Cingapura, mas não o fez.

        Talvez não seja o fato que eu simpatize com Alonso para defendê-lo, posso defender qualquer um, e acho sim que Vettel possa ser o melhor da atualidade, mas que tem um carro melhor, isso até ele admite.

      • “Os números me dão razão, mas, alguns fãs de outros pilotos querem desmerecer os feitos de Vettel com o surrado argumento do melhor carro.”

        Nao curto muito a análise fria dos números. Economista adora isso; às vezes aparecem números ótimos, animadores, mas quando você vai ver a realidade do dia-a-dia…

        Bem, cada competição tem o seu contexto, suas variantes. Vettel tem humilhado a concorrência, mas também tem o carro que está bem à frente dos rivais, como bem lembrou o Tomás.

        Isso desmerece seu trabalho? Não, de forma alguma, tem feito uma temporada muito consistente. Acho que ele está guiando até mais “leve”, provavelmente por ter tirado o peso da obrigação de corresponder às expectativas com o título do ano passado. Mas eu ainda gostaria de ve-lo pressionado para ver como ele reage, um “tira-teima”.

        Abraços.

  13. Lewis ligou pessoalmente para Maldonado, pediu desculpas e o parabenizou pela corrida até ali. Realmente Hamilton está fazendo de tudo para recuperar a sua imagem antes de Mônaco, seja o porquê, é louvável.

  14. Nós erramos, pedimos desculpas. Isso já de praxe!

    Vamos ver se ele não voltará a cometer os mesmos erros.

  15. Rafael 2010-11
    Pois é meu amigo, pequenas partes.
    entao è por isso que voce analiza as coisas dessa forma, tudo bem. mais vou dizer pra voce que hoje analizando imagems daquela epoca , nao traz a mesma emoçao, eu aconpanho desde 1987 , e posso dizer que nos domingos a sala ficava pequena , dava muito prazer quando o |Senna começava tirar tempo de pilotos que estavam na sua frente, as vezes eram 20 ou ate 30 sg de diferença por algum motivo , seja por uma entrada nos boxs para trocar bico ou mesmo por uma rodada, ele vinha pra cima e quando ele chegava era um ataque constante e o show era garantido . me lembro de uma vez em que eu estava na fazenda e lá nao tinha tv . entao eu aconpanhei pelo radio , e o Senna largou na ultima posiçao e foi passando um a um ate vencer a corrida , nunca me esqueci , pelo radio é muito emocionante .

    Rafael ate hoje quando eu assisto as imagens daquele acidente eu ainda acho que ele vai fazer a curva. Naquela epoca era a unica coisa que trazia umpouco de alegria pros brasileiros e de repente acabou, muito triste.
    Mais olha só que engraçado , Senna morreu na posiçao de N-01 , a 300 km/h , fazendo o que ele mais gostava , andar no limite, e só pra lembrar, o carro estava pessimo e mesmo assim as quatro voltas dele na classificaçao foram melhores do que a melhor do segundo colocado que era o Shumi.
    Depois da morte do Senna eu fiquei um bom tempo sem aconpanhar a f1, voltei depois que o Barrichelo foi pra ferrari, esse tambem pagou caro pela carencia de um idolo, no Brasil , se eu fosse o barrica eu mandava esse povo pra P.Q.P !!!!!!
    Senna era o primeiro a chegar nos boxs pra trabalhar e o ultimo à sair , era obsecado pela perfeiçao , para ele sempre podia melhorar .

    no fim acho que se ele estivesse por aqui nos teriamos uma equipe totalmente brasileira na f1 , ousadia nao lhe faltava,
    Nao vi Pele jogando e assistindo videos nao acho muita coisa entao por isso eu entendo quem nao foi da epoca !!!!!!!!

    • Eu acompanho F1 desde 81, vi os três títulos de Piquet e Senna, e te digo, não dá para dizer quem era melhor, porém, apareceu um alemão que começou a detonar os dois, o Piquezão (já cansado e quase parando) e o Senna (no auge, mas, com um carro que precisava de desenvolvimento, coisa que não era do agrado do Airton, que gostava de carro pronto).

      O que todo fã tem de entender é que não há como lutar contra os fatos, você pode até preferir o Senna, mas o Schumy acabou ultrapassando as glórias do Airton, essa é a realidade.

      Eu, por exemplo, prefiro o Piquezão a qualquer outro piloto, mas sei que vários outros alcançaram resultados mais expressivos.

    • Willian Ferreira,

      “entao è por isso que voce analiza as coisas dessa forma”

      Com todo o respeito, mas você está equivocado.
      Eu não preciso ter assistido pra “saber analisar”… Assim como não preciso ter nascido em 1950 pra comentar F1.

      O que alguns têm que entender, é que nem todos que viram Senna correr, se emocionaram tanto como você, por exemplo. Meu pai não é fã e assistiu a carreira inteira de Ayrton. Um tio meu é FANÁTICO.

      Abs.

  16. Interessante: o Lewis “tuitou” algumas linhas, e nós já fizemos perto de 40 comentários. Imagina no próprio twitter e em outros foruns? Quantos acessos ao site da McLaren isso deve render? O nome dele aparecendo nos noticiários?

    Não sei como são os escrúpulos ou o caráter de Hamilton, mas acho que a idéia de se desculpar publicamente não partiu dele… e nem foi motivado pelo fato de que “ficou feio” o que ele disse. Para mim, tudo na F1 é grana!

  17. “Senna gostava de carros prontos”
    Gostei da piada , so falta voce dizer que era o Prost quem acertava o carro dele tambem, e quando o alemao comessou , o Piquer ja tinha parado. e pelo que eu sei o Shumi correu muito mais tempo pra alcançar estas marcas do Senna , nao da pra saber quantos titulos ele teria ganho, fora os perdidos no tapetao. Piquet era muito inteligente no desenvolvimento dentro das equipes , foi tricampeao, e isso eu nao descordo ,mais acho ele insuportavel.
    E nao é questao de lutar contra os fatos , para mim numero de titulos nao conta , o que conta é o estilo do piloto, a ousadia , a frieza, e o melhor a vibraçao que contagiava à todos, gosto de pilotos que correm pra torcida . a f1 teve muitos pilotos otimos mais nenhum com tantas historias pra contar igual ao Senna por isso ele é o maior de todos. quer exemplos ?

    _vencer uma corrida com uma roda totalmente sem freio e andando forte.
    -vencer ,, ,,, ,, ,, apenas uma marcha;
    _Andar mais rapido do que todos na chuva com peneus de pista seca;
    _terminou varias corridas sem trocar peneus, pois a willians era imbativel;
    _era o rei das voltas magicas
    _ o melhor piloto de chuva de todos os tempos
    _a melhor volta de todos os tempos da f1
    _conseguia sair de peneus frios e dar a melhor volta da corrida
    Enfim eu poderia passar muito tempo citando as genialidades do Ayrton,
    Entao nao é preciso dizer , o mundo inteiro sabe e nunca esquece , do Ayrton Senna , . mais conte pra mim as grandes façanhas do Piquet .

    • Não sei como ainda agüentam com essas fúteis comparações. O YouTube está cheio disso.

      Cada um puxando a sua sardinha…

  18. Não alimentando “comparações”, a qual detesto, e sim, apenas citar um fato onde muitos dizem do “Prost x ‘DEUS da F1’ Senna”.

    Apesar de o Brasileiro ser o ‘Herói/Deus da F1’ citado acima, sempre perdeu, em pontuação, para seu companheiro Francês. Mesmo equipamento e perdeu!

    Uma coisa boa do Ayrton, e acho quase impossível negarem, era a habilidade de fazer pole. De resto*, não adianta ganhar uma corrida de marcha ré…
    * Não desmerecendo a extrema qualidade que ele possuía.

    Se Ayrton perdeu no tapetão, também ganhou assim… Olho por olho, dente por dente, não?!

    Abs.

  19. O reconhecimento nunca é total, e em se tratando de brasieiro entao !!!!!!!!!!!! isso é muito normal, basta ver o monte de asneira que falam do Rubinho e doMassa. outro dia eu vi um programa da tv inglesa , nao me lembro o nome, onde pilotos sao convidados pra dar entrevista,e tambem dar uma volta na pista oficial do programa, e cada piloto deixou o seu melhor tempo, e o barrica foi la e quebrou o record da pista. e esses mesmos brasileiros que sao massacrados pelos seus compatriotas , sao reconhecidos e respeitados la fora.
    nao é questao de gostar ou de ser fã, é questao de reconhecer que o que o cara fez vai ficar pra hisroria , e qualquer um que aparecer e fazer sussesso logo sera comparado com O Senna e ponto final. se hoje somos exigentes é por causa dele que nos deixou mal acostumados a ganhar, só isso.
    Do jeito que vai , daqui a pouco voces chegam no Emerson Fitipaldi, nao vai demorar.

  20. ayrton senna: o maior de todos…porém, santo nunca foi. bons tempos de jack stewart, niki lauda e de seu fiel escudeiro clay regazonni, fazendo jogo sujo em cima do emerson fitipaldi.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s