Novo pneu duro promete deixar corrida mais interessante

Como a Pirelli já havia comunicado dias atrás (e nós vimos neste post), para Barcelona haveria um novo tipo de pneu duro, chamado de “super duro”, que deveria proporcionar para as equipes uma durabilidade extra nesse quesito. Mas a realidade é que, após os pilotos o testarem nos testes de hoje, a grande maioria se mostrou insatisfeito, principalmente no caso de Hamilton e Alonso.

Lewis disse que este pneu é um desastre, mais lento (cerca de 2 segundos) e não tem a duração a mais que foi prometida: O que causa certa frustração. Hamilton ainda opinou que o duro anterior era muito melhor e que acredita que no final de semana o macio será o mais usado.

Alonso também opinou da mesma maneira:

Agora vai ser difícil pensar no Q1 com o pneu duro. Acho que 95% dos pilotos tentará com um jogo de macio. É um pneu que… Melhor não dizer nada…

O que mais me chamou a atenção foi que justamente o piloto mais rápido da temporada se mostrou satisfeito: “Foi um dia bastante produtivo, foi a primeira vez que testamos o novo composto duro e posso assegurar que são muito duros”, exclamou com o seu típico sorriso no rosto.

Visto isso, suponhamos que a Red Bull faça 3 paradas e Ferrari e McLaren 4. Provavelmente em Maranello e Woking se escolheriam 2 jogos de macios e um de duros, enquanto em Milton Keyes dois duros e 1 macio, já que não parece haver problemas com a velocidade do novo pneu, pelo menos com Vettel.

Há outro ponto, enaltecido por Petrov, no qual disse que os duros também são mais difíceis de aquecer. É difícil calcular até que ponto a Red Bull lucrará parando uma vez menos do que Ferrari e McLaren, mas usando mais um jogo de duros. Calculando que os pit-stops, na sua totalidade, somam por volta de 25s, os macios duraram em torno de 11-12 voltas para Alonso na Turquia. Seriam cerca de 24 segundos a menos se os duros são 2s mais lentos por volta.

Pode parecer complicado, mas se Sebastian realmente se sentir bem com os novos duros e poder fazer a diferença com eles, talvez ele tenha uma Pole e vitória garantida nas mãos (já que usaria mais um jogo de macio no sábado enquanto todos tentariam poupar borracha) e equilibraria isso na corrida.

Ainda resta Webber, mas como Seb coloca aproximadamente 0.3s por volta em cima do Aussie e o próprio já disse que não espera dominar, resta a incerteza. No mais, por agora creio que será um fim de semana “Vettel”. E vocês?

7 pensamentos sobre “Novo pneu duro promete deixar corrida mais interessante

  1. Com diferença tão grande no rendimento dos pneus (como ficou evidente nos treinos de 6a), talvez a melhor estratégia seja usar sempre o macio, e deixar para usar o super-duro somente por algumas poucas voltas.

    • Mas aí seria mais uma parada no caso (que contando que pode ser demorada ou ter um erro), essa estratégia deve ser decidida na corrida. Com uma parada a menos e mais um stint de duros, se a diferença for menos de 20 e tantos segundos, é negócio para Vettel.

  2. Nossa, se são menos duraveis, e mais lentos na Ferrari e Mclaren, e mais duraveis na Red Bull, podem esquecer. As duas primeiras vão de macio no Q1, perdem um pneu novo pro Q3 ( e consequentemente corrida) e na prova devem fazer um pit a mais. Sem contar que a Red Bull tem muito mais carro.

  3. Excelente texto, Tomás, seu estilo está melhorando cada vez mais ;)! Bem, ainda não sabemos o que Mark achou dos pneus, mas pelos bons tempos que fez hoje, o canguru deve ter se dado bem.
    Quanto a Sebastian, ele ter ido bem com os pneus duros não quer dizer que ele ande melhor de duros do que com os pneus macios. Mas de qualquer forma, andar bem de duros pode ser uma vantagem a mais para a equipe dos touros vermelhos.
    Eu vou torcer para que o Mark dê uma boa virada no jogo. É esperar a corrida para saber!
    Bom final-de-semana a todos!

  4. Quando tudo fica dificil, quem tem o melhor carro sempre vai ficar bem, não achem que mudanças para pior vão afetar a RBR, muito pelo contrário vai aumentar a distância, lembremos também que Alonso ta chorando em ralação a todos os compostos durante todo o ano, porem o espanhol chora e se adapta, enquanto o Hamilton só chora….se continuar com essa regra da Pirelli de pneus que se acabam, ele vai sempre chorar, pois é um comedor de borracha nato.

  5. O problema deste pneu super-duro não é ser somente muito mais lento. É ser lento e não durar o tanto que deveria, pelo menos para conseguir fazer um stint consideravelmente mais longo no domingo. Acho que o pessoal da frente vai de 4 paradas, incluindo as Red Bulls. Agora, se tiverem mesmo que usar mais um jogo de macios no Q1 para garantir tempo hoje, as coisas vão ficar interessantes para o treino e para a corrida…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s