Williams: Sem desistir

Se nós já sabemos que este é o pior início de temporada da história da Williams, também temos conhecimento que em Grove, mesmo com a mudança na parte técnica da equipe, está se trabalhando arduamente para melhorar o fraco rendimento que o FW33 mostrou até aqui. Depois de Rubens ter passado a semana na sede acompanhando o desenvolvimento, novas mudanças no carro serão postas em prática na Espanha.

Assim como confirmou Sam Michael, serão testados o novo difusor e a asa traseira (a Renault modificou a sua recentemente), tanto para Rubens quanto Maldonado, além de na sexta-feira testar um novo tipo de escapamento, um dos componentes mais interessantes do ano.

Barrica se mostrou otimista, porém vale ressaltar que não será tão fácil que a Williams dê o salto esperado para caçar os primeiros pontos, tendo em conta também que todas as outras equipes vêm mostrando potencial.

Mas a verdade é que, tecnicamente, o carro está subindo de potencial, como mostram as largadas de Rubens nas 4 corridas: 17º, 17º, 15º e 11º no último GP na Turquia. Um tímido avanço mas que significa, pelo menos nas próximas corridas, o Q3 seja possível – No caso, para Barrichello. O problema acaba aparecendo nas corridas, onde curiosamente o melhor resultado foi 11º, mas em Istambul Rubens terminou só em 15º.

Talvez as circunstâncias estejam sendo bastante cruéis com a Williams, ao que sinceramente acredito que os primeiros pontos cheguem em breve. Para isso, ter sucesso com estas atualizações será essencial.

Para coletar um pouco das opiniões de vocês (e todos poderão confirmar isso no Bolão amanhã): A Williams poderá pontuar no GP da Espanha?

6 pensamentos sobre “Williams: Sem desistir

  1. Espero mesmo que a Williams de a volta por cima, não pelo Barrichello simplesmente, mas por tudo que essa equipe de garagem representa! Frank é um lutador e merece ver seus carros no topo! Vamos ver se a nova asa traseira e o sistema de exaustão vão trazer os resultados esperados, pelo menos que Rubens consiga levar a barata ao Q3 e traga alguns pontinhos para casa!!!

  2. Um detalhe me chamou a atenção no caso “Williams em queda”.

    No treino da Australia, Rubinho vinha bem, cometeu um erro no Q2 e largou em 17. Se não fosse isso, acredito que iria ao Q3.
    Prova disso foi a corrida: largou do fundo e vem passando todo mundo. Quando já lutava com Rosberg (sim, Williams lutando com Mercedes), errou novamente e saiu. Sendo bem realista, ele ficaria entre o 8 primeiros.

    Na Malasia, queda de rendimento.

    Na China, o rendimento caiu tanto, que Maldonado lutou (e perdeu) contra Kovaleinen.

    Depois disso, vem um frase (sempre mal elaborada) de Barrichello:
    “A altura do carro a gente está tendo problemas com a utilização da madeira embaixo do carro”.
    Peraí, a madeira embaixo do carro é alguma novidade? Não! Então o que de diferente foi feito para que o rendimento caisse tanto após a 1a prova? Já respondo!

    Vejamos a pré-temporada:
    Em um treino em Jerez, Rubinho solta a seguinte frase:
    “Mas hoje se eu tirar gasolina, consigo fazer o melhor tempo de Jerez. Mas isso não vai me levar a nada”.
    E o link está aqui:
    http://tazio.uol.com.br/noticia/barrichello-problemas-com-o-fw33-nao-preocupam/

    E no treino seguinte, ele crava o melhor tempo DA SEMANA, como mostra o link:
    http://tazio.uol.com.br/f-1/textos/23651/

    Todo treino alguém metia o melhor tempo por usar pouca gasolina. Como um carro mal nascido mete o melhor tempo DA SEMANA só reduzindo gasolina? Não dá!

    Aí vem minha opinião conspiratório não muito bem embasada (rs…):
    Viram que o carro era mal nascido e, na pré-temporada, além de pouco peso, puseram abaixo da altura permitida para ganhar velocidade, e o resultado foi o melhor tempo em Jerez.

    Na 1a corrida, a mesma tramoia foi feita, e o carro rendeu muito bem.

    A Williams se dá conta que isso não vai “colar” por muito tempo e precisa por o carro na altura certa (ou quem sabe levou um puxou de orelhas da FIA: eu vou fingir que não vi nada, mas não faça mais isso!).

    A partir da 2a prova, com o carro na altura certa, mostra que é uma banheira e, após a 3a prova, Rubinho solta a frase sobre o problema da madeira.

    Os chefes são mudados, mas sem trazer a tona que fizeram qualquer tipo de irregularidade… só o fato de errarem na concepção do carro.

    É isso!

  3. Na verdade, nós nunca vamos realmente ficar sabendo o que de ruim tem esse carro da Willlians, nós podemos especular, mas certeza, nunca teremos. O importante, é que o pessoal da equipe perceba os problemas, e consiga corrigi-los, o que as vezes não é possivel, só mesmo fazendo um carro novo. Como a Willians é uma das equipes com mais problemas de caixa da FI., atual, não acredito na possibilidade de um novo carro ainda esse ano. Um outro motor, tambem seria bem vindo, pois o atual, já demonstrou, que não empurra como deveria. Enfim, essa soma de fatores, me levam a concluir, que Willians, só para o ano que vem, mas torço para estar enganado.

  4. Olha, acho que a grande CAG*DA foi teimar em continuar com o fraquíssimo motor cosworth. A Nanica Lotus passou pra motor renault, pois queria crescer. E como uma equipe como a Williams pode querer almejar alguma coisa com o ja conhecido motor mais FRACO do grid?
    A única coisa que pode almejar é o pelotão intermediário e olha lá!!!

    • Caso se mantenha a regra de que cada fabricante de motor so pode fornecer para 3 equipes, a situação fica feia para a Williams.
      Motores Mercedes: Mercedes, McLares e ForceIndia
      Motores Ferrari: Ferrari, Sauber e Toro Rosso
      Motores Renault: Renault, Red Bull e Lotus
      Motores de geladeira Brastemp-Cosworth: Williams, Marussia e Hispania

      Entenderam porque a Lotus saiu desesperadamente em busca dos motores Renault?
      A Williams só teria a possibilidade de mudar, se o regulamento mudar ou se entrar um novo fornecedor… aí tá difícil!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s