Ferrari programa meta de desenvolvimento

Seguramente obter apenas 50 pontos nas 3 primeiras corridas não era o objetivo da Ferrari para o início da temporada, que parecia positiva após os testes na Espanha. O 150 é fraco, sofre problemas com a carga aerodinâmica, ritmo com os pneus duros e, em vista geral, ainda está longe de poder criar algum perigo para quem disputa a vitória. Em base disso, é programada uma base de desenvolvimento que, obviamente, visa melhorar tudo no carro, começando diretamente em Istambul.

Nikolas Tombazis – o projetista-chefe -, nos informa que para este próximo GP serão implantadas mais modificações. Entre as destacáveis, novas asas dianteira e traseira e melhorias nos freios, estes últimos bastante importantes para a série de 3 curvas lentas na parte final do traçado.

O plano é que depois do trabalho feito nestas semanas livres em Maranello, os problemas no túnel de vento sejam solucionados aos poucos, visando ganhar a carga aerodinâmica que falta ao carro – Mesmo assim, não é aconselhável criar grandes expectativas em torno disso.

Como o próprio Tombazis explica, não será nada que possa mudar o rendimento do 150 significativamente, ou seja, trazer a primeira vitória do ano para Alonso ou Massa, apesar de esse ser o real objetivo.

Em suma, a tendência em Istambul é um bom cuidado dos pneus: Esse, aliás, será um dos fatores chaves do fim de semana. Com o nível de aderência sendo baixo (o GP deste ano é realizado 3 semanas antes do que na temporada passada, o que apresenta um impacto maior nos compostos por ser mais frio) e os carros deslizando com mais frequência, ter os pneus em bom estado é crucial.

Isso se comprova com a curva que mais exige da borracha Pirelli no calendário, a “temida” Curva 8. Além dela, as curvas antes das retas costumam ser pesadas também, e especialmente cuidar dos dianteiros será importante. Junto com esses fatores, ainda está o benefício do Kers e Asa Traseira Móvel – No caso do KERS, seu uso é certo na saída da curva 10.

McLaren e Red Bull também vêm com modificações, e estando em vantagem. É bom deixar claro que a própria Ferrari avisa que será difícil uma melhora significativa em Istambul, mesmo que a mídia talvez exagere nisso, como chega a ser natural.

Portanto, devemos ter Red Bull e McLaren na briga pelo primeiro lugar – Com a Scuderia podendo brigar pelo pódio se cuidando do crescimento da Mercedes em Shanghai.

17 pensamentos sobre “Ferrari programa meta de desenvolvimento

  1. Enquanto as outras equipes progridem, como é o caso da Mercedes, a Ferrari regride, inclusive porque sua equipe de técnicos e engenheiros, não são capazes de avaliar com clareza as circunstancias de corrida, como ocorreu na China. Se, essa mesma equipe, esta avaliando e engendrando melhorias para o carro, com certeza devem estar bem longe de achar os reais problemas do carro.

  2. O Problema são os outros, Maclaren constante com os 2 carros a RBR trabalhando para o titulo do Vettel e deixando o Webber de franco atirador pra tirar ponto das outras, todos estão constantes e fazendo pontos, Vettel soube perder pra Hamilton e ficou de boa com seu 2º lugar, ano passado poderia ser diferente. A reação tem que se rápida, primeira meta é não perder mais pontos pra Mercedes e tentar chegar na Maclaren e RBR, e ainda tomar cuidado com as Renault.

  3. Esse carro da Ferrari já nasceu errado, agora fica difícil, tentar remendar é complicado já que foi banido (acertadamente) o uso daqueles apêndices horríveis que os engenheiros inventavam. A Ferrari vem atrás das McLaren, RBR e até Renault, dificilmente consegue reverter esse quadro.

  4. Acredito que a Ferrari ainda possa progredir o suficiente esse ano para ser a terceira força no grid.
    Não acredito que vá brigar pelo título, pela enorme evolução que a McLaren mostrou da pré-temporada pra cá e porque a Red Bull, se realmente botou o KERS pra funcionar 100%, vai vencer as corridas (independente do número de paradas. Vai vencer com uma parada a menos, vai vencer com uma parada a mais, vai vencer com duas paradas a mais…).
    Mas espero que a Renault também evolua… afinal, tem coisa mais divertida que ver o Choronso “dançando” e gesticulando atrás do Petrov?

    • Pereceberam, como o Alonso anda sumido, ninguém fala no espanhol, mesmo aqui no blog, poucos lembram de citar o Alonso, como alguma coisa util.

      • Alonso não foi um Schumacher pra manter uma equipe competitiva por mais de cinco anos en torno dele;
        Não foi um Piquet pra desestabilizar um companheiro de equipe (isso sem falar na diferença de experiência entre Mansell e Hamilton, na época) o suficiente para faturar o título;
        Não foi um Raikonen pra comer um título pelas beiradas enquanto dois companheiros de outra equipe brigavam entre si.
        Bem que ele podia ser um pouquinho Hakkinen e admitir que o bi-campeonato já tá de bom tamanho pra ele.

      • Ele tá preocupado com as aparências! Depois do péssimo início da Ferrari e ter andado atrás do Massa, o cara tá preocupado com a mídia para que a mesma não caia de pau em cima dele, principalmente a espanhola! Por isso ele resolveu ficar pianinho!…rsrs

    • É, pelo momento da Ferrari, complicado qualquer piloto fazer milagres. Lembro ano passado, por essa época, até quando errou no Q2 na Turquia, era bastante criticado, depois quando chegou em Abu Dhabi líder, até James Allen era só elogios, vamos esperar…

  5. A Ferrari deve melhorar, mas se chega ao pódio já não sei. Red Bull e Mclaren estão muito fortes, e a Mercedes e a Lotus Renault não são bobas, estão juntos dos italianos. Durante a corrida eles vão bem, e tem um de seus pilotos (Massa) que anda muito bem lá, mas não sei se ameaçam as duas primeiras, já que não estão paradas, e também trazem evoluções.

  6. Pessoal, vocês não acham que se a Ferrari tivesse utilizado uma boa estratégia de pits na última prova, Massa e Alonso não poderiam estar entre os 3 primeiros lugares? (Massa brigava por posições com Hamilton).
    Se tivessem termiando na 2a e 4a posições, por exemplo, (posições razoáveis caso os pits fossem bem feitos) todas estas análises não seriam bem diferentes?
    Claro, concordo que a Ferrari está atras da Red Bull, mas dizer que está regredindo e é a 4a força acho que é um pouco demais… Ferrari disputa o 2o lugar com a McLaren, o que falta realmente é um gerenciamento tipo mão-de-ferro, como nos tempos de Schumy-Todt-Brawn.

    • Vito, essa é a situação da Ferrari, falta de comando estrategico. Até mesmo durante a construção do carro, faltou competencia administrativa, pois, todos já sabiam, das qualidades superiores do adversario. Nada disso foi levado em conta, alguém na equipe, resolveu, que tinha soluções melhores, e largou o pau, deu no que deu. Quanto a China, não tenho duvida, que se os engenheiros da equipe soubessem o que estavam fazendo, não teriam optado pela pior situação possivel, que deixou a equipe tão vulneravel, que de nada valeu os esforços dos pilotos, pois milagre ninguém faz. Na China, pelo menos um dos carros da Ferrari chegaria ao podio, mas perdeu tudo na estratégia equivocada.

      • Pelo que pude entender, o que aconteceu com a Ferrari 150 foi bem parecido com o que aconteceu com a Honda na pré-temporada 2008: só perceberam que o túnel de vento tava descalibrado (no caso da Honda, 2 túneis de vento) com a temporada rolando.

    • Exato Vito, para mim também dizer que é a 4ª força é exagero, e é provável que a Ferrari melhore, ela tem profissionais de qualidade, principalmente o Pat Fry. Fez isso no ano passado e conseguiu o vice com Alonso.

      Se as melhores vierem, em umas duas ou três corridas ela possa estar em ritmo, mas em Istambul, é complicado.

  7. Alguém tem mais alguma notícia sobre aquele teste “proibidão” da Ferrari (aquela “filmagem” com (supostamente) componentes novos no carro do Massa)? Alguma repercussão? Algum protesto de McLaren, Renault, Mercedes ou Red Bull? Algum pronunciamento da FIA ou FOM?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s