Relembrando Ayrton

Talvez não seja a homenagem mais original nestes 17 anos de lembrança em Ayrton Senna – quando no dia do trabalho de 1994 a traiçoeira Tamburello terminou com a sua carreira e, fatídicamente, sua vida -, mas simplesmente não se pode deixar passar em branco uma das datas mais marcantes do automobilismo mundial. E por isso, pelo menos aqui, quero relembrar Ayrton.

Abaixo, dois vídeos que mostram a primeira vitória que Senna conquistou na Fórmula 1, a bordo do Lotus 97T sob a chuva que caia em Estoril naquele 21 de abril. Uma corrida perfeita de um grande campeão.

17 pensamentos sobre “Relembrando Ayrton

  1. Um dos melhores pilotos da história da Fórmula 1. A questão de quem foi o melhor é muito subjetiva, vai da opinião de cada um.

    Senna foi um grande piloto, andava muito na chuva e trabalhava muito em busca da vitória. Como qualquer ser humano, também tinha defeitos, mas soube trabalhar como poucos sua imagem junto ao público.

    A Fórmula 1 tem sido mais emocionante nos últimos anos, mas hoje torço pela McLaren, influência do homenageado neste quadro. Embora acompanhe a categoria desde 1993, também criei admiração por Emerson, ainda torcendo por ele na Indy, e Piquet, que competiu até 1991.

  2. Assisti ao filme dele ontem. O cara era demais. E ver o depoimento (e as imagens) do jornalista inglês falando que em Interlagos/91 não se ouvia o barulho dos motores quando estes foram ligados por causa da torcida cantando dá uma noção do que ele representava. Ele era demais.

  3. Efetivamente um dos maiores pilotos da F1. Carismático e muitíssimo rápido, vítima de uma fatalidase

  4. Tenho o DVD dessa vitória dele, linda. Infelizmente para mim é apenas uma corrida, mas meu pai, mesmo não sendo tão fanatico, ainda chora vendo aquilo. Senna faz muita falta a todos.

  5. Infelizmente, acordei hoje sem banda larga, estava tudo fora do ar. Parecia até, um minuto de silêncio pela partida do idolo, tão precoce quanto injusta. A vida nos reserva muitas surpresas, umas boas outras muito ruins, a partida do Senna, naquele fatidico primeiro de Maio, é uma dessas surpresas ruins, mas que a gente não consegue esquecer nunca mais. Tive o privilegio de assistir da primeira a ultima corrida do Senna, e confesso, que hoje, quando assisto FI., ainda sinto falta daquelas poles milagrosas, arrancadas no ultimo segundo do treino e que levavam a torcida ao delirio. Senna, pode, na opinião de muitos, não ter sido o melhor piloto de FI., de todos os tempos, mas pelo menos no meu tempo, eu não tenho a menor duvida, ele foi o maior. Não estou sendo injusto com o Fangio, apenas, não o vi correr, mas ouvi seu testemunho, que Senna foi o melhor piloto que ele já viu guiar um FI.

    • A época de Fangio foi mais “guerreira”: Os carros, pistas e segurança dos carros eram precárias. Certamente compará-los possa até ser covardia pela diferença da F1 dos anos 50 e dos anos 80-90. Talvez Fangio tenha tido adversários mais fáceis, sem desmerecer o grandioso Alberto Ascari (que morreu em 1953) e Stirling Moss, seu vice 4 anos seguidos, mas digamos que a tarefa foi mais fácil do que a de Senna. Isso sem contar a idade com que Fangio conquistou seus títulos.

      Realmente, duas lendas.

  6. Um dia muito triste. Eu era pequeno, mas me lembro um pouco. O Senna foi genial. Também não deixava quieto, falava o que tinha que falar, assim que tem que ser um piloto.

    Dizem que o Schumacher foi melhor. Mas não teve adversário à altura, a não ser o Alonso. Senna, para mim, foi muito melhor que o Schumacher, mesmo eu não tendo visto muitas corridas dele.

  7. Um domingo de tristes memorias, só poderia ser amenizado, por uma corrida. Pois bem, novamente, tentamos assistir a Formula Indy. A tristeza aumentou, que fiasco, mais uma vez não aconteceu corrida alguma, apenas muita chuva, bandeira amarela, bandeira vermelha e muito lero-lero. Acho, que o melhor para encerrar o dia com alguma alegria sera ir até a locadora, quem sabe não tem alguma comédia na prateleira. A comédia, só não pode chamar Formula Indy, pois ai é dramalhão da pior qualidade. Alias, o nome mais correto para a categoria seria, Formula pé no saco/bandeira amarela, seria perfeito.

  8. Ayrton Senna deixou muitas saudades. Cada vídeo que eu vejo dele eu me pergunto quase chorando:
    Pq ele se foi?

    • “Não sei. Só sei que ele não tinha mais nada a fazer por aqui.” Arquivos da Fórmula 1, Lemyr Martins (essas foram as palavras do fotógrafo Alex Ruffo”.

  9. Apenas uma palavra pode descrever o Senna, gênio.Seu único defeito talvez fosse ter seus sentimentos tão a flor da pele, mas mesmo isso ele parecia começar a controlar. Ele foi e é tão importante que só agora a formula1 parece conseguir seguir em frente, afinal depois de sua morte muitos pilotos simplesmente passaram a pensar que um erro ou uma ultra-passagem mais arriscada poderia leva-los ao óbito, pois raciocinam, mesmo que de maneira sub-consciente, algo como “se ELE que era o maior não era imortal ou inatingível então eu sou os riscos a minha pessoa são enormes”. Criando assim uma geração de pilotos covardes(salvo raras exceções), que foram tão omissos e medrosos a ponto de mal conseguirem concorrer com Schumacher( não estou dizendo que ele era ruim, apenas que seus adversários eram ruins).

  10. Acompanho a Fórmula-1 desde 1985 e tinha 17 anos quando Senna faleceu. O clima e o sentimento era realmente como se tivéssemos perdido uma pessoa muito próxima, alguém muito querido da nossa família. Senna foi e sempre será o melhor.
    Hoje em dia o que me impressiona é como ele ainda é lembrado por pessoas do mundo todo, e não apenas por fanáticos por corrida. E o respeito que pilotos de tantas diferentes categorias e gerações têem por ele, pessoas que entendem deste mundo do automobilismo melhor do que ninguém.
    Seu perfeccionismo no trabalho, perseverança e garra nas corridas, e carisma foras das pistas jamais serão esquecidos. Valeu Ayrton!

  11. Ayrton Senna, depois de 17 anos + 11 anos de midia na Globo e no mundo = 28 anos de Marketing de um esportista, que nao ficou apenas por esportista genio, mito, mas sim pela sinergia do todo, que lhe faz um Heroi, um idolo, um mito, alguem que revolucionou a forma de interagir como funcionario, como atleta e como pessoa e sobretudo como lider de um pais, um mundo todo!!!

    Filosofei, mas foi tudo que sinto, e sempre irei sentir por esse ser humano!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s