Alonso vs. Massa: E no segundo round…

Já estamos na segunda etapa do campeonato onde, até agora, Vettel é o homem a ser batido e todas as atenções giram em torno do seu desempenho e rendimento do fantástico RB7, que estão com a campanha 100% em Poles e vitórias. Porém, no clima que envolve a Ferrari nesta fase do ano, o duelo entre Alonso e Massa começa a se desenhar de forma interessante.

O que vimos até agora é, provavelmente, um aperitivo do que virá nas próximas corridas da temporada – Ou seja, domingo que vem já teremos mais um capítulo da briga mais esperada no ano envolvendo os mais variados torcedores ao redor do mundo. O clima está ameno e, com o 150 não disputando por vitórias diretamente, é claro que os holofotes por cima da dupla de Maranello não são os maiores possíveis.

Mesmo assim, ambos pilotos estão mostrando um satisfatório início de campeonato. Felipe pontuou nas duas corridas, assim como Alonso, e isso contando todos os problemas que atingiram os planos do brasileiro não só em Melbourne como em Sepang.

A verdade seria que por parte uma parcela de culpa é da própria Ferrari, que demorou-se na colocação da roda dianteira de Massa no seu primeiro pit-stop, jogando fora parcela de uma boa primeira perna de corrida que já estava sendo conquistada por Massa: Havia largado bem, dando batalha para Alonso na primeira curva e se mantendo na sua frente, mas a perda de tempo na parada acabou jogando-o para trás.

Ficou claro, em um primeiro momento, que Massa não admitirá muitos erros por parte da equipe e que, jogando certo, exige que este tipo de erro não se repita mais. Aliás, quem não se lembra de Cingapura/2008?

No final das contas, foi um balanço positivo para Massa em Sepang: Seria sétimo, mas como Alonso e Hamilton se enroscaram e tiveram que parar mais uma vez, Felipe viu as portas do 5º lugar aberta, a posição qual terminaria a corrida.

Só que, como se pode pensar, Massa conseguiu terminar à frente de Alonso por uma volta, já que a sua absurda lentidão com os pneus duros depois da terceira troca o deixaram bastante imune ao ataque de Fernando e, provavelmente, com uma volta a mais Felipe teria perdido a sua posição.

E Alonso, na tentativa de transmitir a imagem de líder de equipe, foi forte em Kuala Lumpur, apesar da má largada, sendo que novamente decidiu abrir ao invés de mergulhar para dentro: Duas tentativas frustradas.

Na volta 17, 3 após o primeiro pit-stop, já passava Button, mas seria só na 46 que o maior momento de tensão da corrida viria ocorrer: Com os pneus em melhor estado, Alonso encostou em Lewis pela briga direta no pódio. Sem poder usar a sua asa traseira móvel, que havia apresentado problemas e travado na metade da corrida, a missão de passar Hamilton se tornou bastante complicada.

Talvez por esse motivo Fernando tenha se antecipado na ultrapassagem e, com sua asa dianteira danificou o carro de Lewis (que perdeu downforce após o toque) e a sua própria asa, que o obrigou passar pelos boxes novamente, para desespero da Ferrari. Mesmo sendo punido com um acréscimo de 20 segundos em seu tempo pela manobra com Lewis, terminou em 6º.

O interessante para Felipe nessa história é que conseguiu subtrair 2 pontos de desvantagem para Fernando, diminuindo a diferença para 4 unidades, o que deixa tudo bastante aberto para Shangai, neste domingo. Alonso é o quinto na tabela geral com 20 e Massa o 6º com 16.

Se bem que ainda é cedo para dizer quem vencerá depois de 18 corridas (ou 17) a mais, se frisa que o ritmo de Massa na corrida até o erro da Ferrari no pit era bastante rápido, sendo mais veloz que Alonso. Isso é uma ajuda, tanto técnica quanto psicológica, mostrando que este ano pode ser aproveitado sim.

A Ferrari tem muito a evoluir e ainda há tempo para melhoras, e, enquanto isso, Alonso e Massa deverão dividir um espaço mais igualitário “em Maranello”. Isto, é claro, se Felipe continuar com o seu ritmo, e melhorá-lo, nas próximas corridas. É o seu dever.

40 pensamentos sobre “Alonso vs. Massa: E no segundo round…

  1. Bem colocado Tomás, concordo com você quanto a evolução do Massa! E isso de fato é muito bom, principalmente para sua auto-estima. Gostaria que você me explicasse o que foi o gesto do Alonso para com o Massa após a bandeirada: Cumprimento ou reclamação?

    Fico no aguardo,
    Abraço.
    Altair Cordeiro

    • Bem, difícil saber, mas como não houve nenhuma repercussão por parte de ambos após a corrida, talvez tenha sido um cumprimento. Mas é muito difícil afirmar.

  2. O Massa caiu demais no meu conceito depois da besteira do ano passado, mas realmente, até a cagada da equipe nos boxes ele era rapido, melhor que Alonso…

    E vai gostar de fazer merda nos boxes essa equipe Ferrari einh!??

  3. Assisti ao filme do Senna neste sábado (portanto antes da prova da Malásia) e depois do que ví no pit do Massa, da até para concordar com o comentário que Senna fáz logo no início do filme; _Formula 1 é política e dinheiro!
    Para mim (sei que vão falar em teoria da conspiração), ficou mais do que provado que a Ferrari segurou Massa no pit somente para que Alonso ficasse a sua frente na pista. É incrível como a equipe só pisa na bola com o piloto brasileiro na hora dos pits. Mas o castigo para Alonso e Ferrari veio realmente a cavalo…rsrs…Na afobação de ultrapassar Hamilton cometeu uma barbeiragem, segundo Bruno Senna…kkkkk. trocou o bico que custa somente 200mil doletas…rs…E como se não bastasse, a punição por ser agressivo em se defender, custou a Hamilton posições na classificação, enquanto que Alonso só perdeu 20 segundos…é demais!

    • André, eu ainda não assisti ao filme do Senna, mas ele deve ter citado nele, o Sr. Balestre, na época chefe da FIA. Na FI., não existe teoria da conspiração, já que as falcatruas são bem explicitas, como a de ontem, o mecanico para, espera, e depois de atrasar o Massa, da o ok. Depois de assistir varias vezes o pit do Massa, não fica a menor duvida, que não havia nada de errado na roda, mas………
      Essas ações, não são privilégio dos pilotos brasileiros, só, que nós, e com razão, só observamos esses problemas, quando afetam nossos compatriotas, quando na verdade a FI., faz isso no atacado e não apenas no varejo verde e amarelo. As ações explicitas de favorecimento há alguns pilotos, não é novidade e nem vai acabar tão cedo na FI., alias, acho, que já faz parte do espetaculo, não fosse isso verdade, pilotos como Damon Hill, Mansel e Villeneuve, jamais seriam campeõs mundiais.

      • Newton, assista cara!! Tem uma reunião entre Balestre e um outro cara que não sei o nome na reunião de pilotos. Senna detona o cara e Balestre o manda responder como vai ser feito no caso de uma chicane…muito bom o vídeo…até chorei…rs

    • Sobre a possibilidade da Ferrari ter atrasado o pit stop de Massa, na segunda corrida, e ainda com Felipe em um bom ritmo, não sei se acreditar. É claro que nas entrelinhas a Scuderia prefere Alonso, mas o clima é bom e não há trocas de farpas entre Massa ou algum membro da equipe, portanto, sustentar nessa teoria por enquanto parece precipitado.

      Mas a dúvida fica.

      • Tomas, se for possivel, reveja a cena da troca de pneus do Massa. Não se trata de teoria mais não, é uma forma que as equipes utilizam para dar “espaço” para o seu primeiro piloto. Passa por erro, e não fica tão escancarado quanto uma ordem para ceder posição.

    • Os melhores “apertadores de porca” devem estar com o Alonso, mas, não acredito que o erro tenha sido propositalmente feito.
      Erros acontecem com todo mundo não lembram do erro de estratégia da equipe vermelha em Abu Dhabi, que simplesmente acabou com o título de piloto do Fernando Alonso.

  4. “comentário que Senna fáz logo no início do filme; _Formula 1 é política e dinheiro!” E cada vez mais vai desanimando acompanhar F-1.

    Sobre “Teoria da Conspiração”, NÃO DUVIDO QUE A FERRARI FEZ DE PROPOSITO! Essa equipe não vale nada, e o Alonso esta no lugar certo, farinha do mesmo saco!

  5. Massa pode até ganhar algumas batalhas, mas, já perdeu essa guerra desde que Alonso chegou na equipe trazendo os milhões do Santander.

    E vai perder por dois motivos: a) Alonso é mais piloto; b) Massa é um pau mandado.

    Para ganhar uma guerra contra o preferido da equipe Massa teria de se impor, teria de vender muito caro as derrotas, e, a verdade é que Massa não está afim de perder sua boquinha na Ferrari, portanto, não se empolguem, Massa só ficará na frente de Alonso quando Alonso for tão mal que não signifique ameaça.

    Aliás, não é para ficar muito triste, fazer o que o Piquet fez na Willians em 1997, nenhum outro piloto conseguiu.

    • É 1987 Cassius, sei que você sabe, deve ter errado o dígito apenas. Realmente, aquela briga de 87 na Williams foi monstruosa, pelo que vi e li sobre… Tirando a antipatia de Patrick Head por Piquet, ele até alega que, segundo lhe contou o grande “médico da F1” Sid Watkins, Mansell não sofreu nada no acidente do treino no Japão e teve sua autorização para competir normalmente.

      Mas Mansell preferiu fazer drama e voltar para a Inglaterra porque sabia que seria muito difícil vencê-lo na final. E Nelson, contra a própria equipe, já que tinha que esconder até as estratégias com os mecânicos, foi tri.

      • Isso mesmo, o certo é 1987.

        Eu vi e torci demais esse ano, pois julgo que o campeonato de 1986 só não foi do Piquet porque a Willians o sacaneou.

        Abraço Tómas.

      • Se a Ferrari insistir em manter a tatica, que vem utilizando até agora, ela vai se afastar do titulo por equipe e talvez chegue ao titulo para o piloto. Por enquanto parece dificil, que atinja as duas metas.

  6. Uma coisa é certa, Alonso não é mais o mesmo de 05/06, o espanhol sempre foi preciso, mas de 1 ano para cá tem errado muito, a bobeada em MON nos treino em 2010 e a punição por queimar a largada em outra corrida também atrapalharam na conquista do Tri. É nítido o nervosismo de Alonso de uns tempos para cá, ele tem pressa em conquistar o tri, conseguindo o feito, já admitiu o desejo de aposentadoria. Massa dessa vez mostrou(na corrida) que esta se “encontrando”, o problema é que em treino ele perdeu a “magia” de andar rápido. Tudo vai depender mais de Alonso, se ele continuar errando (largou mal na AUS, e perdeu posições na MAL na primeira volta, depois foi querer levar para lado pessoal com Lewis, acabou danificando a asa, erro de quem vem atrás, mas a punição foi ridícula. A FIA quer mais ultrapassagens, mas dão punições sem pé nem cabeça, vai entender?). Alonso ainda é mais piloto, sempre mostra grandes recuperações, mas precisa parar de errar, Massa já deve ter observado isso, pode tirar proveito, o problema é que as vezes Massa também erra. Quanto o erro de boxes , Felipe tem que exigir da equipe, na corrida estava fazendo tudo certo, tem que ter uma boa equipe de boxes. Não acredito em “Teoria da Conspiração”, a Ferrari errou porque não é mais a mesma da época do Schumacher( a Ferrari evitava erros bobos porque tinha pavor de perder o alemão para outra equipe). Schumacher na pista empolgava todos os setores: Departamento de motores, aerodinâmica, estratégia, além do trabalho de boxes. Hoje a equipe também trabalha 100% só que não consegue fazer nem sombra do que foram entre 00 e 04. Não é fácil substituir Schumacher/Brawn/Byrne e Todt, ninguém conseguiu tamanha supremacia na Formula 1, nunca mais uma equipe vai fazer o que foi feito entre 00 e 04, 10 títulos seguidos, 11 se contar 99. Ferrari com Schumacher só não foram campeões em 05/06/07 porque mudaram radicalmente o regulamento para 05, justamente para brecar tamanho domínio, já tinham feito isso em 03, o curioso é que Schumacher foi campeão vencendo um regulamento feito especialmente contra ele…
    Muita coisa também vai depender do Felipe, vaciladas não tem perdão, por isso ele esta na cola do espanhol na tabela. Na MAL foi a vez dele (Massa) cobrar da equipe…que venha o GP da China! Lembrando que Alonso esta devendo uma vitória a Massa, Schumacher pelo menos devolveu a vitória a Rubens em 2002 no GP do USA, não acredito que o espanhol vá devolver a gentileza…pra isso Massa tinha que derrotar o espanhol, muito complicado. Jogo de equipe esta liberado, se ficar muito atrás na pontuação no final do ano a equipe pode fazer o que quiser…

    • Realmente não existe essa estoria de teoria da conspiração na FI. É explicito mesmo os favorecimento para alguns pilotos, até pela quantidade de dinheiro, que trazem para a equipe. Tivessemos nós lá, da mesma forma, mandariamos os mecanicos dar uma segurada no Massa, para permitir, que a estrela da equipe, fosse a frente, sem necessidade de disputa com o companheiro de equipe e sem causar constragimentos a ninguém. Nesses casos, favorecimento não é conspiração, afinal, todo mundo já sabe quem tem a preferencia da equipe, seja ela a Ferrari ou qualquer outra.

    • Acredito que a Ferrari em 99 poderia tmabém ter dado o campeonato de piloto para o Schumacher, se ele não tivesse se acidentado.

      Mas, lógico na teoria tudo é possível.

  7. Nem tenho o que dizer, se um dia tive um pingo de consideração pela Ferrari e o Alonso, ela já não existe. Como falaram “farinha do mesmo saco”. Tomára que o Massa consiga acompanhar o espanhol pra “pelo menos” conseguir um lugar meia boca na F1.

    Ainda me obrigo a torçer pelo Felipe… Se nós não apoiarmos quem irá fazer? Mas hoje torço acima de tudo pro Vettel, esse sim mereçe respeito, apesar de parecer mimado na RBR ele não chegou onde chegou só pela equipe, quem diria que ele ia ser campeão ano passado depois da metade do campeonato? Com tantos erros?

  8. ola galera gostaria de relatar algo que vi hoje nos melhores momentos da corrida de ontem e que na largada o hamilton força pro lado do vettel 3 vezes antes da 1 curva ele puxa pra direita e o vettel joga pra direita o hamilton puxa mais ainda pra direita e o vettel puxa tambem pra direita ae o hamiltom puxa pra esquerda o vettel puxa pra esquerda fazendo com que o hamilton saise da curva sem traçao perdendo a posiçao pra lotus do alemao

  9. o vettel sim deveria ter sofrido a puniçao pois o hamilton iria ultrapassalo pois ele tinha kers a ma manobra do vettel foi errada pois ficou claro que ele fechou o hamilton, foi que nem o hamilton com pretov em 2010(pimenta nos olhos do outro e refresco)rsrsrs

  10. Posto que assumidamente não gosto da Ferrari, do Alonso e do Massa, mas sei bem da qualidade técnica e do poder de reação da equipe italiana e da competência de seus pilotos, penso que ainda darão muito trabalho nesta temporada, tanto para Red Bull quanto para McLaren. Alonso é bicampeão mundial não por acaso, mas o que ele tem de competente, também tem de chorão. Massa é um bom piloto, mas não reage muito bem sob a pressão de ser companheiro do espanhol. Sinto que Massa teria um desempenho muito superior caso seu companheiro de equipe fosse um piloto tecnicamente inferior. Isso não seria apenas impressão por seus tempos serem melhores em relação ao segundo piloto; seu desempenho seria literalmente superior ao apresentado agora. Ele andaria mais rápido por uma série de fatores, como estar mais relaxado dentro da equipe, tendo o apoio e não as críticas dos chefes, tendo também a melhor equipe de mecânicos e engenheiros à sua disposição, não tendo que se preocupar com resultados para manter o emprego e sim para ser campeão, entre outros. Com certeza foi mais fácil para ele ser companheiro do Haikkonen do que é ser “parceiro” do Alonso, visto que o finlandês já estava a fim de ir embora da F1 e ir correr de rally um bom tempo atrás, enquanto Alonso quer resultados, seja na pista, no rádio ou no “tapetão” depois da corrida – custe o que custar.
    No final das contas, o que acho que vai acontecer é que o Massa será facilmente superado pelo Alonso ao longo da temporada e será substituído na Ferrari no ano que vem. Isso se o espanhol não achar conveniente tê-lo ao seu lado. Pessoalmente, torço para que Massa o supere, não só porque ele é brasileiro, mas porque realmente não gosto do Alonso. Só que as chances são difíceis.

    • O assunto é grande e controverso, mas focando no que você disse, se o companheiro de Massa fosse outro piloto, as chances de ele estar melhor, só falando no auto-estima e apoio da equipe, seriam muito diferentes. Vejamos que Nelsinho não teve um futuro bem ao lado de Alonso, na Renault com Briatore.

      A sorte de Felipe é que ele já é, pelo menos, um piloto médio, vencedor, e se for sair algum dia ele deve ter a porta abertas de algumas equipes. Mas é difícil imaginar a Ferrari sem Massa, depois de 6 anos com ele ali e passando ao seu lado Schumacher, Raikkonen e agora Alonso.

      • Acredito que outra dificuldade foi que quando voltou do acidente foi logo ao lado do espanhol.

  11. Gostei do desempenho do Massa. Foi mais rápido que Alonso durante parte do final de semana na Malásia, embora tenha saído atrás do espanhol. Mais uma vez, foi prejudicado por erros da Ferrari, durante as trocas de pneu.

    Ainda assim, foi andando burocraticamente e aproveitando dos problemas entre alguns adversários, como Alonso e Hamilton.

  12. Senti o Massa menos pressionado durante a corrida e ainda fez sinal de “vai pra PQP” quando o apertador de porca atrasou ele.

    Já é um avanço (Mas deveria mostrar o dedo do meio que faziam os pilotos antigamente.he)

    • Dificilmente ele fará isso, mas um pouco mais de atitude, ou seja, impor-se frente à Alonso é positivo, só que fazer isso na Ferrari é como misturar água e óleo.

      • Tirando a brincadeira que fiz no comentário acima eu realmente acredito que o Massa evoluiu da Austrália para a Malásia.
        E concordo que ele tem que saber se impor frente ao Alonso e ir atrás de regularidade que é a arma que ele tem contra o colega de equipe.

      • Exato, na pista é onde está o real resultado, pois nos bastidores podem ocorrer várias coisas que não sabemos, mas se o piloto for corajoso, ele confronta o inimigo na pista.

        E Massa fez isso, buscou na largada e se defendeu bem de Alonso, andou na sua frente até a Ferrari errar no pit e no final de contas terminou em 5º. O ritmo da Ferrari dá mais do que isso, e sem aqueles problemas, como a parada de Massa e o acidente de Alonso (além da terceira parada dele, que foi lenta também), com certeza um dos dois, no mínimo, estaria no pódio.

  13. O Massa realmente melhorou muito na Malásia. Mas o problema é que a Ferrari fará o impossível para que o Alonso chegue na frente dele. Para a Ferrari o Massa é o segundo piloto e tem que ajudar o Alonso.

    Eu não acredito que isso mude. O Massa terá que ajudar o Alonso. É vergonha, pois nas outras, pelo menos para mim, não tem isso.

    • Pode ter certeza, que tem sim, existem muitas maneiras de se manter um piloto atras, basta um acerto menos favoravel e pronto, lá se vão alguns decimos de segundo, e sobra para o piloto, que para a galera, não consegue acompanhar o companheiro, isso ainda ajuda a fazer o nome do número um, de maneira menos tragica, que as ordens de equipe. Pode apostar, que isso ocorre em maior quantidade, do que supomos nós, além do que, é mais util, pois deixa o piloto psicologicamente mais comprometido. Afinal, alguém sabe dizer, por que o carro do Massa, parou assim, que a corrida acabou?

  14. Infelizmente, a fórmula 1 não é mais um esporte!
    As “falhas” da Ferrari em 99,999% só ocorrem com o segundo piloto. Eles abrem mão da pontuação do segundo piloto somente para manter o Alonso como principal estrela da escuderia. Todo mundo sabe disso!! É escancarado para quem quiser ver! Na última corrida, Massa estava muito bem e mais rápido que o Alonso, foi necessário uma atitude enérgica da equipe para não deixar o Felipe se manter na frente do Fernando, e, nem perto, para não correr risco. Eles precisam que Alonso se mantenha na frente de Massa nessas primeiras corridas para justificar todo o privilégio que será dado para ele durante o restante do campeonato.
    Eu, no lugar do Felipe, estaciono o carro no meio da prova e vou embora! É ridículo ter que falar o óbvio! Só ocorre problema no pit do Massa quando ele está na frente do Fernando! Será que o dinheiro vale essa humilhação?
    Quanto ao Fernando…não me lembro, em 30 anos que acompanho F1, de um piloto com o “caráter” desse cidadão! Ele é a cara da F1 de hoje!
    O povo espanhol deve ter muito orgulho!!
    Entretanto, ainda bem que ele não é brasileiro!
    Graças a Deus!

    • É que há alguns anos atrás, o Prost não precisava por a cara para bater, o Balestre tomava as providencias necessarias e transferia campeonatos para o “professor”. Mal carater na FI., teve e tem aos montes, nem precisa procurar muito, o Schumacher ainda esta nas pistas e não nos deixa mentir.

  15. Os dois foram bem, mas Massa foi o melhor, dos dois, em Sepang. Com os macios sempre mais rápido, depois do pit, mesmo com o erro, continuo em seu ritmo inicial, e só foi perder terreno no duros, que quase o deixou na mão na disputa com Alonso. Estou ansioso para ver o que os dois aprontarão na China.

  16. O Massa é fogo de palha… Faz uma bela corrida e dez ruins. Infelizmente! Queria muito ver aquele Espanhol perder.

    Em uma entrevista, ele (Alonso) disse, com ar de superioridade: “Nunca perdi para um companheiro de equipe”.*

    * Só esqueceu de mencionar que empatou com um estreante (Hamilton), né.

    Vamos, Massa…

  17. E Alonso, na tentativa de transmitir a imagem de líder de equipe, foi forte em Kuala Lumpur, apesar da má largada, sendo que novamente decidiu abrir ao invés de mergulhar para dentro: Duas tentativas frustradas
    %%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%

    Lendo a revista F1RacingBR Out/Nov 2007 (que tenho como reliquia) o editor Matt Bishop cita Alonso e suas incriveis vitorias em Monza e Europa, porem, cita sua grande mania apos largada sempre abrir para fazer a primeira curva, como fez na Espanha 2007 e Massa foi por dentro jogando o pra fora da pista!!! Bom isso ainda perdura depois de 4 longos anos, e Alonso ainda continua com essa filosofia, e com a mesma filosofia de regularidade com carro mais lento, porem Vettel mudou novamente esse conceito, com um carro vencedor e rapido, torna lo confiavel!!! Massa larga bem, esta de volta com aquela determinacao, pois sua esposa rafa agora 1 ano apos o nascimento do Felipinho, agora tem mais tempo para o maridao, que esta de volta justamente por isso!!! Bom espero um grande ano para a Ferrari, Alonso e Massa, e que venca o melhor!!!

    • E Alonso, na tentativa de transmitir a imagem de líder de equipe, foi forte em Kuala Lumpur, apesar da má largada, sendo que novamente decidiu abrir ao invés de mergulhar para dentro: Duas tentativas frustradas
      %%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
      Lendo a revista F1RacingBR Out/Nov 2007 (que tenho como reliquia) o editor Matt Bishop cita Alonso e suas incriveis vitorias em Monza e Europa, porem, cita sua grande mania apos largada sempre abrir para fazer a primeira curva, como fez na Espanha 2007 e Massa foi por dentro jogando o pra fora da pista!!! Bom isso ainda perdura depois de 4 longos anos, e Alonso ainda continua com essa filosofia, e com a mesma filosofia de regularidade com carro mais lento, porem Vettel mudou novamente esse conceito, com um carro vencedor e rapido, torna lo confiavel!!! Massa larga bem, esta de volta com aquela determinacao, pois sua esposa rafa agora 1 ano apos o nascimento do Felipinho, agora tem mais tempo para o maridao, que esta de volta justamente por isso!!! Bom espero um grande ano para a Ferrari, Alonso e Massa, e que venca o melhor!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s