Kimi pagará 70.000€ por correr na NASCAR

Kimi testando nesta segunda

Parece que Räikkönen não se decidiu pelo caminho certo depois de sua saída da Fórmula 1, em 2009. Após passar pelo Rallly, o Ice Man agora pagará por uma experiência na americana NASCAR, em busca de patrocinadores para competir “seriamente” no ano que vem.

Kimi confirmou com a equipe Kyle Busch Motorsport correr de três a cinco provas, sendo a sua estreia programada no Charlotte Motor Speedway, dia 20 de maio, e com o objetivo de adquirir alguma experiência e criar interesse nos patrocinadores para bancar a sua temporada em 2012.

Segunda-feira Kimi já testou a caminhonete da equipe Busch em Gresham, tendo as primeiras impressões da nova missão que terá que enfrentar – por vontade sua.

Ele pagará cerca de 70.000€ por corrida, o que sinceramente, no meu ponto de ver, não seria necessário. Seguramente, se Kimi quisesse voltar à F1, teria as portas abertas de muitas equipes onde poderia retomar a sua carreira.

A NASCAR é complicada e ter sucesso nela é difícil, ainda mais para um piloto de Fórmula 1, que agora se confronta com uma caminhonete. Kimi parece ter se cansado da F1, e está em busca de experiências novas, mas quem sabe um dia ele não volta “para o seu lugar”…

13 pensamentos sobre “Kimi pagará 70.000€ por correr na NASCAR

    • Concordo com o André,
      Kimi não deve estar em sã consciência, o cara era o piloto mais bem pago da F1.
      Há um monte de equipe querendo pagar o máximo que puderem para ele e o bixo inventa de pagar pra correr na Nascar?
      Que que ele quer da vida, afinal?

      • “Que que ele quer da vida, afinal?”

        Aproveitá-la…

        Nem todo mundo pensa só no dinheiro, alguns preferem a diversão, o prazer de pilotar.

  1. Pois eu acho o kimi um baita piloto e parece um ser humano excepcional.

    Vejam bem, ele tem a F1 a seus pés, mas, faz questão de desdenhar da categoria.

    Isso é só para muitos entenderem que a F1 (apesar de ser tida como o supra-sumo) não é lá um lugar muito agradável para se conviver e competir.

    A verdade é que há muito tempo F1 não é competição e está mais para entreterimento.

    Não há verdadeiras disputas, no sentido romântico do termo, e sim um embate que envolve poder e vários interesses mercadológicos que se sobrepõe ao esporte.

    Não bastasse as grandes diferenças existentes entre as equipes, ainda somos obrigados a aguentar a possibilidade de uma ordem de equipe para melar um resultado de corrida.

    Os pilotos (com raras exceções), são assépticos, não tem personalidade, opinião, são “miquinhos amestrados” de Bernie Ecclestone.

    Nós nos mantemos ligados porque somos quase que “viciados” no circo.

    Kimi veio de baixo, é de família simples, sabe dar valor ao que realmente importa, que no fim das contas é a sua felicidade.

    É campeão mundial de F1, está com os bolsos transbordando de grana (da Ferrari, o que é melhor), e, antes de procurar trabalho, procura diversão. Kimi é “o cara”.

    Longa vida ao Iceman, se ele não quer mais a F1, azar da F1 (ou alguém vai tentar me convencer que ele não estaria entre os Top Five da atualidade: Vettel, Alonso, Hamilton, Kimi e Button)

    • E eu iria me dar ao trabalho de dar uma resposta indignada ao viés do Post…

      Valeu Cássio, só precisei assinar embaixo e economizei dedo!

      Kimi é o cara e pode fazer o quiser!

    • Sinceramente, pelo menos para mim, não há nada maior para a F1: Se você foi campeão nela, o que resta é ser bi e etc, ou para os novatos, o escalão mais alto que se pode chegar.

      Agora, cada piloto pode ter o “seu” maior. E acho que o do Kimi é mesmo a Fórmula 1, mas já deve ter se entediado dela, partiu para o rally, e agora para a Nascar. No fundo não creio que ele tenha sucesso na Nascar, já não teve no rally…

      Posso estar errado, mas que Kimi não perca tempo com Rally ou Nascar, pois no final de contas todos querem ver ele na Fórmula 1… Ou não?

  2. Pra mim, Kimi foi o melhor piloto da F1 de 2003 a 2006, e só não foi tricampeão nessas 4 temporadas porque os pneus michelin não rendiam/duravam como os Bridgestone, porque em 2003 o Barrica defendeu o título do Schumacher, em 2004 o mp4-19 da primeira metade da temporada era um lixo e em 2005 Don Choronso das Lamúrias venceu as duas provas que o Ice Man não completou (fora o GP Bridgestone dos USA – aquele do Tiago Monteiro no pódio).
    Em 2007, Hamilton e Alonso jogaram o título no colo dele (não que ele tenha feito uma temporada bisonha).
    Daí pra frente, acho que ele já tava de saco cheio demais do Choronso, do Bernie e de toda a renca e cumpriu contrato com a Scuderia Pinocchio.
    Acho que o Kimi só volta se o Vettel for pra Ferrari com o Choronso e o Horner oferecer o lugar pra ele, com um contrato dizendo que ele é o primeiríssimo piloto, que o Newey vai estar disponível 25 horas por dia pra ele, que vai ter vodka no lugar da champanhe no pódio, que uma das corridas do ano vai ser na Finlândia (entre o GP da Alemanha e o da Rússia), que ao invés da chuva que o Bernie tava pensando vai ter neve artificial nas corridas…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s