Mais efeitos da imprensa espanhola

Como vimos ontem no artigo sobre a Hispania, é interessante analisar um outro aspecto da imprensa espanhola com dois temas muito freqüentes – Massa e Ferrari. Ontem, o site TheF1.com, na sua análise numérica do GP da Austrália, começou a colocar a Ferrari em um patamar que não está e, também, alfinetar Felipe pela corrida ruim no domingo.

Não tenho dúvidas que a mídia de F1 da Espanha é bastante dominadora quanto na sua opinião e trava, sempre, uma guerra paralela com a inglesa, principalmente quando se fala em Lewis Hamilton.

Assim como nos jornais onde temos matérias políticas com diferentes pontos de vistas, críticas e vários fatores equivocados, notei na matéria deste site espanhol a vontade de deixar a Ferrari “à vontade” com os rivais. Ou seja:

Está lá que, segundo a conta de média de voltas na corrida, Vettel e Alonso foram os mais rápidos (1:31.5′) e isso prova que “ambos os carros tem o mesmo potencial”. Está certo que Fernando fez um pit stop a mais, o que são aproximadamente 25 segundos, mas a afirmação acima chega até ser exagerada.

A Red Bull é superior, tanto em classificação quanto na corrida, mesmo que em menor porcentagem, e até Sepang, nada prova que o 150 tem o mesmo potencial que o RB7.

Para não ampliar tanto o assunto, apenas ressalto o fato, na mesma matéria, quando se fala em Massa:

O que tem pior explicação é o caso de Massa, que rodou, nada menos, que 9 décimos mais lento por volta que Alonso. Temos por vários anos desculpando ao brasileiro, mas a Ferrari necessita refletir sobre a quantidade de pontos que está perdendo no campeonato de Construtores pela pobreza dos resultados do paulista.

Parece que há outros pilotos no paddock que poderiam ocupar esse lugar com mais dignidade.

(Matéria de Raúl Molina, The F1.com)

Primeiro, acredito que seja uma tremenda precipitação em concluir, mesmo sendo verdade, a situação de Massa, que assim como Alonso teve uma corrida complicada e com estratégia errada (isso, claro, o texto não diz).

E segundo que já cogitar em um texto técnico um substituto para Felipe, com “mais dignidade”, chega a ser ridículo.

____________________________________________________

Cada um é livre para opinar na sessão de comentários sobre a imprensa espanhola logo abaixo, mas se já na primeira corrida temos isto, fica claro que ao longo de 2011 teremos muitos mais textos inflamando a performance de Ferrari/Alonso e alfinetando Massa, Hamilton, Vettel…

18 pensamentos sobre “Mais efeitos da imprensa espanhola

  1. Para falar a favor ou contra a performance de Felipe Massa, eu prefiro esperar pelo menos por mais 3 GPs., ou ele se recupera definitivamente, ou teremos, que dar o braço a torcer, aos brasileiros e a imprensa espanhola, que afinal não divergem tanto assim no ponto vista exposto.

  2. Uma coisa que deve ser considerada também é o termo “imprensa espanhola”. Neste caso, não é a imprensa espanhola que está dizendo isso, é só um espanhol louco, funcionário do “The F1.com”.

    Pouco tempo atrás, um site brasileiro de baixo nível (que não vale citar o nome) AFIRMOU que Bruno Senna tinha acertado com Lotus, no lugar de Trulli. Tempos depois, saiu pela tangente dizendo que era, na verdade, para piloto de testes da Renault (que está lutando pelo nome Lotus). Bom, alguem de outro país poderia dizer que a imprensa brasileira confirmou Bruno no lugar de Trulli. NÃO! Foi só um bando de irresponsáveis com conexão banda larga e bastante criatividade.

    Quando Folha de São Paulo, Estadão e o Blog Formula 1 (by Thomas) publicarem algo, aí sim, pode-se dizer que foi a “imprensa brasileira”😉

    • “Neste caso, não é a imprensa espanhola que está dizendo isso, é só um espanhol louco, funcionário do “The F1.com”.”

      Bem, talvez não seja assim, pois “fulano” não está escrevendo isso em seu blog ou site, mas sim em um texto do TheF1.com (que está com o Car and Driver), portanto qualquer matéria dele ou de outro funcionário nos remete ao TheF1.com. O mesmo com Marca, AS, Mundo Deportivo, e imprensas de distintos países. Desse modo é responsabilidade do site em saber o que é publicado.

      Até lembro que alguns meses atrás o diário Marca chamou Button de medíocre, na verdade não lembro o adjetivo usado…

  3. parei de ler esse site faz um tempo, não por ser muito pró-Alonso, senão por distorcer muito os fatos. infelizmente parece ser bastante popular na espanha

    o que eles estão querendo é justificar o potencial da ferrari detonando a Felipe Massa. um nonsense, se pensa bem, porque Fernando Alonso no precisaría de justificativas tão forçadas. a gente conhece a perfomance do brasileiro e do espanhol faz tempo, e sabemos bem onde está a Ferrari neste momento: sondando a Newey e Boullier pra ter um bom carro em 2012

    então, nem faz caso. esse site vive atualmente de polémica

  4. Hoje breve e objetivo: A imprensa fala e os publicitários vendem, porém tem quem compra e quem ñ compra… Vamos aguardar cenas do próximo capítulo…

    • Thomas, para termos certeza seria melhorar esperar pelos proximos capitulos, para saber se a Ferrari reedita o que parecia ser um carro competitivo na Espanha durante a pré temporada, ou, se era apenas fogo de palha.

  5. Eu (apesar de prematuro) acredito que a Red Bull está bem melhor que Ferrari, McLaren e Renaul Lotus. Creio que com o tempo, ainda este ano eles consigam tirar alguns milésimos da RBR, mas vencer, só no caso de quebra, acidente e etc, acredito que será quase uma re-edição de 2010…

  6. Isso é o que o Massa ganha por ser tão submisso aos “carcamanos vermelhos”.

    Agora, não se enganem, os espanhóis o adoram, ficam metendo o pau apenas para garantir que ele nunca se sinta apto a competir de verdade com o “Picareta das Astúrias”, é uma guerra psicológica.

    No dia em que um piloto de verdade sentar no outro cockpit da Ferrari, os espanhóis vão passar a ter uma saudade enorme do “Fiel Escudeiro”.

  7. Com relação à imprensa espanhola, minha referência é sempre o AS.com. Eles são um tanto quanto bairristas? São. Colocam Alonso, Alguersuari e De la Rosa em evidência mesmo quando eles estão aquém do que se esperaria? Sim. Mas costumam ser bastante objetivos e honestos.
    Aliás, alguns veículos de imprensa brasileiros costumam citar o AS, só que distorcendo e aumentando muito o que fui publicado, pra alimentar essa coisa de “a imprensa espanhola é isso ou aquilo”.
    Meu conselho: quer notícias e informações relevantes sobre pilotos, equipes, circuitos, enfim, sobre o automobilismo espanhol em geral: leia o AS, não o que a “imprensa brasileira” disse que saiu no AS. “Traduttore, traditore”

  8. Negócio é chamar o Galvão para nos defender(coitada do The F1.com), Massa corre risco de perder a vaga na Ferrari e nem consguir vaga em outra equipe de ponta, se for mal de novo quem vai querer ele? Só vai conseguir vaga em equipe média, bom de braço ele é, vimos isso na AUS segurando Button por várias volta, já tinha feito o mesmo com Alonso em algumas corridas no início de 2010, mas é pouco. O problema é o nível técnico para ajustar o carro tão bem quanto o espanho, também tem os erros na pista que precisam diminuir. Se não conseguir melhorar, vai acabar afetando o lado mental, Alonso novamente vai conquistar a equipe por causa dos resultados melhores, aí ferra tudo de vez para o Massa. Não adianta só ser bom de “braço”, tem que fazer o carro ficar rápido, ser veloz nos treinos, nas corrida e errar o menos possível…tá complicado!

  9. Se alguém achou ou achar ruim do que falaram do Massa, é digno de risadas. Os fatos são fatos, não mentem.

    “a Ferrari necessita refletir sobre a quantidade de pontos que está perdendo no campeonato de Construtores pela pobreza dos resultados do paulista.” [2]

  10. Não creio que Massa seja demitido da Ferrari pelo seu previsivel mau desempenho em 2011.
    Ele terá um grande defensor.
    Este defensor será o Fernando Alonso.
    O espanhol vai querer disputar espaço com Kubica,Hamilton ou Vettel na Ferrari?
    Nem pensar, melhor manter o brasileiro, pois desta maneira não vai ter seu lugar ameaçado.
    Infelizmente vamos ter que viver com as lembranças de Emerson,Piquet e Senna.
    Afinal quantos países puderam ter 3 campeões como estes?
    Poucos, não é verdade?

  11. Chega a ser engraçado os espanhóis falando que o Massa não tem dignidade, mas e Alonso? Um piloto com duas vitórias mais ridículas que sei lá o que, mas isso eles não lembram né?
    Esses espanhóis são ridiculos mesmo…

  12. Se depende-se só do ano passado o Massa não mereceria o Cockpit Italiano, mas no ano retrasado ele passou acredito eu pela situação mais difícil da carreira dele e voltou ao lado de um dos pilotos mais habilidosos e FPD do grid.
    Sobre esse ano acredito estar muito cedo para falar o que vai acontecer com o Massa tinha que ser coisa da imprensa espanhola patriotismo não mata ninguem e até ajuda (mas a imprensa espanhola tem hora que exagera).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s