Balanço dos testes em Valência

A primeira rodada de testes pré-temporada poucas vezes serve para traçar bons comparativos entre os tempos ao longo dos três primeiros dias de atividades. E agora, com 4 equipes que correram com o carro de 2010 (número que se reduzirá a apenas uma no dia 10), fazer um balanço levando em conta as cronometragens será algo praticamente inútil.

Sendo assim, com 8 carros de 2011 na pista, o que se pode dizer é que, ao estilo dos primeiros dias em contato com uma nova temporada, foram feitos testes, levando em conta os dois principais fatores importantes de adaptação:

1. Pneus Pirelli

Este é sem dúvida o maior câmbio de 2011, que se aplica a todo o funcionamento e entendimento do carro em si, tendo em vista que uma boa adaptação aos pneus é essencial para se coletarem bons resultados e vantagens aos rivais.

O problema é que, até o momento, vários pilotos reclamaram (entre eles Alonso, Kubica e Rosberg) que a duração é curtíssima e em 10 voltas eles já se degradam facilmente, impossibilitando realizar com uma sequência baixa de tempos em long runs, por exemplo. Isso foi mais salientado por Alonso, que os chegou a classificar como perigosos.

Eu acredito que o estilo de pilotagem deve ser contado (e muito) nessa avaliação. Pois assim como Fernando e Robert (pilotos com estilos fortes) reclamaram do desgaste, Button, conhecido por sua tocada suave e maior “feeling” em economizar compostos, os elogiou, tendo se adaptado muito bem a eles.

Ou seja, vemos que a palavra adaptação realmente é importante – depois de anos com os pneus super resistentes da Bridgestone, os pilotos se deparam com um novo desafio, agora com os Pirelli, que se degradam rápido, e isso, como salientou Jenson, faz o piloto mudar a sua forma de dirigir. Obviamente, uns irão se beneficiar, outros não.

É difícil dizer ao certo quais pilotos se darão melhor a um princípio com os Pirelli, mas parece ser certo que Button gostou do que sentiu. E com a McLaren já mostrando uma preocupação por aumentar a duração dos pneus, pode estar aí um candidato sério ao título, dependendo somente de se o MP4-26 for competitivo ou não.

2. Asa Traseira Móvel

A asa traseira móvel está trazendo mais complicações do que soluções (como já era esperado) para os pilotos, que reclamam da dificuldade em ativá-la e que será necessário mais prática para poder apertar todos os botões (para citar alguns – marchas, KERS e ATM) no display do volante várias vezes por volta.

Além disso, agora será implantada uma indicação no asfalto mostrando aonde será apto para ultrapassar com o uso da ATM. Sistema complicado, e isso sem contarmos todas as outras regras secundárias envolvendo seu uso confuso até o momento.

O curioso é saber que Nico Rosberg se mostrou preocupado em uma possível falha do dispositivo – ou seja, que este trave e não volte ao seu estado normal – o que faria o carro passar reto na curva e causar acidentes. Ainda temos mais 3 rodadas de testes para ver no que a ATM irá resultar.

__________________________________________________________________________

  • Análise das equipes:

Analisar categoricamente o potencial dos 8 carros 2011 que já foram a pista com apenas 3 dias inconclusos de testes é algo impossível, tendo em vista que já no dia 10 veremos várias mudanças nos modelos, algo que está sendo trabalhado neste “intervalo” de uma semana. Além disso, se juntarão McLaren, Force India e Virgin à turma dos que já correm com os projetos deste ano.

Escrever novamente análises técnicas destes não seria muito útil, já que discutimos bastante sobre todos os carros apresentados, seus detalhes, novidades e expectativas. No entanto, por esta primeira rodada, minha visão dos times que correram com os carros novos é essa:

  • Ferrari e Red Bull: Estão consistentes, com pouquíssimos problemas de confiabilidade em ambos os carros. Alonso foi o piloto que mais percorreu voltas, superando 200 em dois dias de testes, mostrando-se satisfeito, mas reclamando da duração dos pneus, o que deve ser levado em conta. Vettel rodou 70 a menos, mas o RB7 mostrou boa constância nos stints longos, algo importante tendo em vista a pouca resistência dos compostos Pirelli.
  • Renault: Mesmo que os tempos sejam o menos importante nesse estágio, Kubica saiu com a melhor cronometragem dos três dias, algo a ser marcado, tendo seguramente o R31 com pouquíssimo combustível. A Renault que, para recordar, traz a inovação do escapamento frontal, algo que não sabemos mas pode ter sido um up-grade no bom rendimento do carro quinta.
  • Mercedes: Sofreu com problemas hidráulicos no primeiro dia mas depois, com alguns testes curtos, deu a impressão que os deixou para trás, conseguindo boa consistência, apesar dos tempos altos e relativamente poucas voltas rodadas.
  • Williams: Com um carro radical em mãos a Williams coloca as esperanças em Rubens e Maldonado por um bom ano, mas o que se comenta no paddock sobre o potencial do FW33 não é nada animador, sendo que só nos resta esperar mais alguns dias para ver a continuação do trabalho. O mistério circula no ar por enquanto…
  • Sauber, Toro Rosso e Lotus: Até agora são as 3 equipes mais “caladas” nestes testes, sendo que nenhuma andou mais de 215 voltas com os dois pilotos somados. A escuderia de Faenza anda sendo “investigada” pelos insiders sobre a localização do seu escapamento, enquanto a Lotus teve, assim como a Mercedes, problemas hidráulicos e foi a equipe que correu menos voltas até aqui.

Me recuso, no entanto, a fazer um ranking de forças ou algo do gênero – o segredo é esperar e não tirar conclusões apresentadas em míseros 3 dias em que as atividades se concentraram em fazer um “check-up” das novas máquinas e testar os Pirelli, ATM e KERS.

Aqui abaixo vai, então, um resumão com dados estatísticos de Valência, e, claro, o debate está aberto na sessão de comentários:

Tempos combinados:

  1. Robert Kubica (Renault) 1:13,144 (199 voltas)
  2. Adrian Sutil (Force India*) 1:13,201 (117)
  3. Fernando Alonso (Ferrari) 1:13,307 (206)
  4. Jenson Button (McLaren*) 1:13,553 (105)
  5. Sebastian Vettel (Red Bull) 1:13,614 (136)
  6. Paul di Resta (Force India*) 1:13,844 (139)
  7. Mark Webber (Red Bull) 1:13,936 (122)
  8. Nico Hulkenberg (Force India*) 1:13,938 (71)
  9. Felipe Massa (Ferrari) 1:14,017 (80)
  10. Timo Glock (Virgin*) 1:14,207 (148)
  11. Gary Paffett (McLaren*) 1:14,292 (91)
  12. Pastor Maldonado (Williams) 1:14,299 (130)
  13. Lewis Hamilton (McLaren*) 1:14,353  (83)
  14. Sérgio Perez (Sauber) 1:14,469 (146)
  15. Michael Schumacher (Mercedes) 1:14,537 (125)
  16. Nico Rosberg (Mercedes) 1:14,645 (78)
  17. Sébastien Buemi (Toro Rosso) 1:14,801 (119)
  18. Kamui Kobayashi (Sauber) 1:15,621 (68)
  19. Jérome D’Ambrosio (Virgin*) 1:16,003 (71)
  20. Rubens Barrichello (Williams) 1:16,023  (128)
  21. Vitaly Petrov (Renault) 1:16,351 (28)
  22. Jaime Alguersuari (Toro Rosso) 1:16,474 (84)
  23. Narain Karthikeyan (Hispania*) 1:16,535 (188)
  24. Heikki Kovalainen (Lotus) 1:20,649 (15)
  25. Jarno Trulli (Lotus) Sem tempo (38)

* Carros 2010.

Voltas/Km completados, equipes:

  1. Force India*: 327/1310
  2. Ferrari: 286/1145
  3. McLaren*: 279/1117
  4. Williams: 258/1033
  5. Red Bull: 258/1033
  6. Renault: 227/913
  7. Virgin*: 219/877
  8. Sauber: 214/857
  9. Toro Rosso: 203/813
  10. Mercedes: 203/813
  11. Hispania*: 188/753
  12. Lotus: 53/212

* Carros 2010.

Voltas/Km completados, motores:

  1. Mercedes: 809/3240
  2. Ferrari: 703/2815
  3. Cosworth: 665/2663
  4. Renault: 539/2158

66 pensamentos sobre “Balanço dos testes em Valência

  1. Tomás… houve o treino de sexta para Lotus.

    A melhor volta:

    Jarno Trulli: 1:15,679 (36 voltas)
    Heikki Kovalein: 1:15,900 (54 voltas)

    Ao todo foram 90 voltas sem setup, apenas colhendo dados.
    Em Jerez levaram uma nova asa dianteira e outros componentes para testes.

    • Complementando a informação.

      —————————————-

      Valencia Test T02 – Friday 4th February

      DRIVERS: Ricardo Teixeira (am), Heikki Kovalainen (am / pm), Jarno Trulli (pm)
      LAPS: 91
      BEST LAPS: 1.15.910 (KOV, lap 45), 1.15.679 (TRU, lap 89)

      Ricardo Teixeira: “I want to thank Team Lotus for giving me the chance to drive the T128 today. I am really pleased I could help out with the filming this morning and after my first taste of an F1 car I can’t wait to have another go.”

      Heikki Kovalainen: “Valencia was an excellent test for me. Even though we had some issues with the power steering on the first couple of days you have to remember we weren’t even at the first two tests last year. Now we have a car that was ready to go with everyone else at the first test and to be able to run today without any problems is great. We have been able to start looking at the balance of the car in much more detail and I’ve had the same feeling that I did on day one – I think we have a good car for this year and as we continue to work on it here and at the other pre-season tests we can put some proper mileage on it without the reliability worries we had last year. On the car itself one of the most tangible improvements from last year is the lower centre of gravity we have this year. It’s a smaller chassis and we can place ballast under it much more effectively, which means the whole car feels balanced in a way we didn’t experience last year. Now, I can turn in without having to constantly correct oversteer or understeer and as the whole rear end has been designed with the Renault engine and Red Bull gearbox in mind, it is aerodynamically much more efficient. It’s basically a very good platform for us to develop, and to be able to feel that immediately is a very positive sign for me and the whole team for the season ahead.”

      Jarno Trulli: “It was a great day for the whole team. We completed 91 laps with basically no problems and we’ve been able to start to get a feel for the car which was really what this test was about. I agree with Heikki about the balance – it feels like we have a good car to work on in the next few tests and I think that we can pretty quickly get it to a point where it will give us a chance to fight with the teams ahead. The next test is only a few days away but I think there will be a lot more to come there in performance terms, and it will be good to get back in the car in Jerez and get more mileage under our belts.”

      MIKE GASCOYNE: “An extremely productive day. It was good to get the power steering fixed and back on the car for today so well done to everyone at the factory for turning that around so quickly. We completed 91 laps today with no real problems and both drivers managed to get a good feel for the car and the tyres. We weren’t able to do any set up work – that will wait for Jerez, but it was an excellent day and we achieved the main goal of completing a decent mileage today. We also managed to complete our filming runs this morning and that work was done by Ricardo Teixeira who did an excellent job in difficult conditions, but he acquitted himself well and that was exactly what we needed him to do.”

      Fonte: http://www.teamlotus.co.uk/News-Item.aspx?itemId=6270

  2. Rosberg está com o mesmo pensamento que eu, se a asa movel, deixar de ser movel no fim da reta, o piloto terá um baita problema em mãos.

    • Sim. Acho que terá que ser tomada alguma providência se ela travar, o quanto antes. Em Jerez serão feitos os primeiros testes “reais”, visto que é uma pista melhor para pôr em uso a ATM, apesar de que em Ricardo Tormo a maioria usou;

      • Se vocês prestarem atenção, a parte da asa traseira que se move é a inferior, portanto, se o dispositivo quebrar ou soltar, ela trava com a asa na posição de alta pressão. A não ser que ela trave por uma questão eletrônica, aí sim existe uma possibilidade dela travar na posição “flat”.

  3. Sinceramente? Achei muito bom o Pirelli desgastar rapidamente. Com os pneus da Bridgestone sendo bastante duraveis, vimos corridas chatas ano passado, todo mundo poupava pneus pra fazer apenas 1 parada. Agora, numa pista que os pneus foram pro limo rápido (Montreal), o que aconteceu? Na minha opinião a melhor corrida do ano. Diversas ultrapassagens, equipes sem saber direito o que ta acontecendo, e claro, vitória da Mclaren, hehe. Acho isso um ponto positivo pra esse ano.

    Quanto a essa asa móvel, acho ridículo. Criar regra pra ultrapassar? Zona de ultrapassagem? Isso é uma corrida de automóveis ou um jogo de RPG? Agora, se ela falhar no final de reta, só vai dar piloto imitando Schumacher Silverstone 99.

    Boa analise Tomás. Parabéns

    Go Go Go Mclaren

    • “Sinceramente? Achei muito bom o Pirelli desgastar rapidamente. ”

      O problema é que, como vimos em Valência, Vettel não conseguiu nem sequer correr 10 voltas com uma série de tempos baixos, e isso, em uma corrida, tornaria um caos por completo com esta variação.

      “Boa analise Tomás. Parabéns”

      Obrigado Viktor, abraços!

  4. Os pneus pirelli podem ser o grande problema da temporada, já que o desgaste é mto rapido e pode causar dor de cabeça as equipes de ponta.

    Nunca curti a ideia do ” Kers”, Acho que é um equipamento muito caro e não dá tanto resultado, a volta do kers foi intencional e de politicagem de Bernie, Mais pode ajudar as equipes medianas a fazer ultrapassagens.

    A willians é a grande incognita dos testes e será até Shankir, Mais todos nos sabemos que o pessoal de ”Grove” não é bobo, O ano passado começou quase assim, nessa mesma incerteza, mais na minha opinião a melhor equipe em termos de desenvolvimento rapido de carros é a Willians, pelo fato de ter tirado tudo do FW32. Mais agora é esperar para ver, Ainda acho que o Fw33 vai surpreender muito.

    Abraços Tomás, Até Jerez…

  5. Do que criar essas tais zonas de ultrapassagem era mais interessante diminuir a variação da asa traseira móvel para não ter toda esse desequilíbrio de velocidade no fim da reta e se der zica o piloto poder segurar o carro mesmo que seja fora da pista.

  6. Sobre os pneus tinha que diminuir a durabilidade, mas, nem tanto pq ano passado tinha piloto que se tivesse um Safety Car no começo da corrida ia trocar os pneus e terminar a corrida.
    Eu acho que deveriam manter a média de um Pit por corrida, com esses pneus sendo trocados no limite já pensando no próximo conjunto.
    Ano passado Canadá foi daquele jeito pq umas equipes não sabiam o que as outras iriam fazer e ficou aquela bagunça de quem para primeiro e em que volta.

  7. Esse ano eu aposto no Kubica brigando por vitórias e o Kobayashi fazendo mais show e abusando do botãozinho do KERS.

    • É, mas agora ele vai brigar é com a sua saúde, e com os médicos para não lhe amputarem a mão esquerda!!!! Força Kubica!

  8. A primeira sessão de testes da pré-temporada foi muito interessante! Das equipes grandes com carros novos, a Red Bull e a Ferrari já mostraram sua força, mas não contavam com a destreza de Robert, com sua Renault, e de Adrian, com a Force India. Ainda falta para ver para que veio a Mercedes, Brawn prometeu muita coisa. Mas ainda estamos na expectativa para ver o desempenho de Michael, e e Nico, ao lado do heptcampeão!
    E Nico levantou essa questão fundamental sobre a segurança da asa traseira móvel. A FIA já deveria ter olhado essa questão. Em vez de ficar criando mais regras para ultrapassagem.
    Ah, alguém aí sabe quando a Hispania vai lançar seu carro 2011?
    Beijo para todos!

    • Esse ano as corridas com duas trocas de pneus em média segundo a imprensa, vão, favorecer as estratégias do Ross Brawn.
      Sobre a Hispania eu acho que a estréia vai ser a mesma bagunça do ano passado.

      • Tomás, boa analise !! A Mercedes pra mim ainda é uma incognita, mas acho que vem forte.

        Sobre os lançamentos faltantes de 2011 minha expectativa (de 0 a 10) para Force India é 5 , ja para Marussia /Virgin é 2, ja a Hipania não deveria nem aparecer.

        Ja fico imaginando a Hispania e sua ATM, sera uma loteria para o infeliz do piloto e o cara da frente.

        abç

      • kkkkkkkk, o Narain (Falo assim porque não sei o sobrenome dele, hehe) disse que será na ultima sessão de treinos, no Barein.

      • A Hispania tera varios lançamentos em 2011. Todos no muro ! Pobre Narain (é assim que se escreve ?) !!

  9. A Hispania vai pegar a asa do ano passado soltar a parte do meio prende com dois parafusos uma e na outra amarrar uma cordinha entre a asa e o retrovisor.
    E quando o piloto querer ajustar a asa ele puxa essa cordinha.

  10. Acho que somente na última semana de testes é que podemos ter uma ideia de quais equipes realmente vão brigar pela ponta, mesmo assim não dá para afirmar nada. No ano passado a Ferrari parecia que seria imbatível, mas quem dominou foi os Touros Vermelhos. Estou muito ansioso para ver o MP4-26 na pista.

    • Tb acho que somente no ultimo teste as equipes devem andar mais proximo do potencial de cada carro. Mas ainda sim tem nego que vai esconder o jogo, real mesmo só na qualificação da 1ª Prova do ano. Por enquanto vamos curtindo a F1 com esses “aperitivos”.

  11. Esse ano vejo uma disputa mais equilibrada do que no ano passado e diferenças ficando mais pelo tipo da pista e/ou estilo de pilotagem.

  12. Kubica sofreu um forte acidente de rali na Italia, segundo informações sofreu varias fraturas. Talvez nem comece a temporada.

    • Opções para seu lugar – um dos 5 pilotos reservas:
      Senna (alguma chance)
      Romain Grosjean (o mais provável)
      Jan Charouz (sem experiência, sem chance)
      Ho-Ping Tung (prefiro eu e minha experiência com video-game)
      e Fairuz Fauzy (mesmo com muito dinheiro, não dá pra ele)

      • Senna deu muuuito azar quando a Honda faliu…
        deu muuuito azar com a Campos não emplacando e tendo que correr 1 ano pela Hispania…

        Se conseguir essa vaga na Renault, vai ser merecida depois dessa maré ruim

  13. Noticia:

    Kubica sofreu um forte acidente de rali na Italia, segundo informações sofreu varias fraturas. Talvez nem comece a temporada.

    • Uma notícia muito triste. O Kubica é um ótimo piloto. Torço muito para que não seja nada grave e ele possa voltar logo. 😦

    • O piloto polonês Robert Kubica, da Lotus-Renault, sofreu um grave acidente neste domingo (6), durante uma prova de rali próxima à cidade de Gênova, na Itália.

      Ele perdeu o controle do carro Skoda que pilotava e se chocou contra o muro de uma igreja. Kubica foi levado consciente a um hospital, e sua situação era considerada grave, porém estável, com “traumatismos múltiplos”.

  14. DE certeza que não, perna braço e pulso!!! Coitado, mas sorte do senna que vai ficar com o lugar, pelo menos para já.

  15. Lotus Renault, fica sem de ponta, o piloto Kubica sofreu um grave acidente de Rali.
    Penso que não vai ser o Bruno a ocupar o lugar, mesmo sendo o primeiro reserva.

  16. Segundo alguns sites Robert pode perder a mobilidade da mão esquerda =/

    Muito triste o acontecido, Robert um dos melhores pilotos da atualidade, um dos meus preferidos e acontece isso…

  17. Rapaz, não entendo muito italiano, tem falsos cognatos, por isso peço ajuda dos blogueiros. No video abaixo fala algo sobre amputação de braço, e traumatisco craniano ou estou enganado???

  18. Por enquanto são tudo especulações, resta esperar o boletim médico pra termos certeza da gravidade…

  19. Esse acidente do Kubica, possibilidade de amputação da mão esquerda, acidente fora da F-1, lembrei de uma das mais promissoras carreiras perdidas pelo mesmo motivo. O italiano Alessandro Naninni, que era piloto da Benetton eteve uma das mão amputadas por causa de um acidente de helicóptero. Tomara que não aconteça com o polaco também. Talvez mereça um post mais aprofundado heim Tomás!!! Abração cara. Força Kubica!!

    • Não é amputação, é apenas a perda de mobilidade das mãos, mas é tudo especulação. Deve ter se quebrado todo mas volta ai com certeza

      FORÇA KUBICA

  20. Força, Kubica! Estamos todos torcendo por você! Antes de um piloto de Fórmula 1, é uma pessoa que merece ser feliz!!! Vamos torcer com todas as nossas forças para tudo dar certo com o Robert!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s